DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA


SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 06/05/2019

Dom Sergio recebe cruz missionária

Entrega ocorreu durante a Assembleia Geral dos Bispos

 
Dom Sergio recebeu a cruz, símbolo do Mês Missionário, para levar para o Regional Dom Sergio recebeu a cruz, símbolo do Mês Missionário, para levar para o Regional | Crédito: Jorge Teles/ Secretaria Executiva Regional Sul 2

      A 57ª Assembleia Geral dos Bispos do Brasil acontece até o dia 10, em Aparecida (SP). O destaque desta segunda-feira (6) fica por conta do início o processo eleitoral que escolherá os bispos que estarão à frente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) pelo próximo quadriênio (2019-2023). A programação do dia foi aberta com uma missa às 7h30, no Santuário Nacional de Aparecida, para lembrar o Mês Missionário. No  final da celebração, os bispos referenciais da ação missionária nos regionais receberam a cruz missionária. Dom Sergio Arthur Braschi, bispo da Diocese de Ponta Grossa e referencial para a dimensão missionária no Paraná adiantou que a cruz vai peregrinar pelas paróquias do Regional Sul  2.

      “As novas orientações para a ação evangelizadora para os próximos quatro anos, está muito bonita e com característica muito missionária: a casa do pão, a casa da Palavra, a casa da caridade, e, a casa aberta e em saída missionária”, comentou o bispo a respeito das diretrizes votadas e definidas, no último sábado, para a Igreja do Brasil. “O Mês Missionário acontece há muitas décadas no Brasil, mas poucos países no mundo dedicam um mês para falar de missão. A maioria tem um domingo de coleta missionária. Por isso, o Papa Francisco convocou este mês extraordinário em outubro, que já tem toda a programação definida, impressa inclusive em um livreto, com dicas para vivermos este momento. Recebemos hoje o kit com a cruz missionária e a bandeira com a logomarca e a inscrição ‘Batizados e Enviados: a  Igreja de Cristo missionária no Mundo’, lema do Mês Missionário”, detalhou dom Sergio

      O bispo garantiu que a cruz missionária chegará a cada diocese do Regional. “Desejo que todas as dioceses do Paraná, fieis a sua missão, se abram cada vez mais ‘além fronteira’. Temos a missão em Bafatá, na Guiné Bissau, na cidade de Quebo, a Missão Católica Santo Paulo VI. Que todos se unam, apoiem em oração e com a sua ajuda a nossa missão da igreja do Paraná na África”, reforçou dom Sergio.


Eleição     

      O episcopado brasileiro, através de voto secreto, elegerá o presidente, vice-presidente, segundo vice-presidente, secretário geral, presidentes das Comissões Episcopais Pastorais da CNBB e seus representantes junto à Conferência Episcopal Latino-americana (Celam). Foram instaladas 17 urnas eletrônicas no Centro de Eventos Padre Vitor Coelho de Almeida, local onde é realizada a Assembleia Geral da CNBB, que foram testadas por todos os bispos no último sábado (04). A urnas, com um sistema desenvolvido pelo Departamento de Tecnologia da Informação da CNBB, foram idealizadas para rodar em plataforma web, conectada a um servidor de banco de dados. 

      Durante as votações, que podem acontecer até a próxima quinta-feira (9), cada urna terá como responsável um presidente e um secretário, para garantir o sigilo e a privacidade dos eleitores, durante o processo de eleição. Após cada escrutínio, o sistema de gerenciamento das urnas se encarregará da apuração dos votos. Será emitido um relatório com o nome dos candidatos votados, por ordem decrescente, indicando se o candidato mais votado atingiu o percentual de votos exigido para aquele escrutínio.


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
|





Publicado em: 06/05/2019

Dom Sergio recebe cruz missionária

Entrega ocorreu durante a Assembleia Geral dos Bispos

 

      A 57ª Assembleia Geral dos Bispos do Brasil acontece até o dia 10, em Aparecida (SP). O destaque desta segunda-feira (6) fica por conta do início o processo eleitoral que escolherá os bispos que estarão à frente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) pelo próximo quadriênio (2019-2023). A programação do dia foi aberta com uma missa às 7h30, no Santuário Nacional de Aparecida, para lembrar o Mês Missionário. No  final da celebração, os bispos referenciais da ação missionária nos regionais receberam a cruz missionária. Dom Sergio Arthur Braschi, bispo da Diocese de Ponta Grossa e referencial para a dimensão missionária no Paraná adiantou que a cruz vai peregrinar pelas paróquias do Regional Sul  2.

      “As novas orientações para a ação evangelizadora para os próximos quatro anos, está muito bonita e com característica muito missionária: a casa do pão, a casa da Palavra, a casa da caridade, e, a casa aberta e em saída missionária”, comentou o bispo a respeito das diretrizes votadas e definidas, no último sábado, para a Igreja do Brasil. “O Mês Missionário acontece há muitas décadas no Brasil, mas poucos países no mundo dedicam um mês para falar de missão. A maioria tem um domingo de coleta missionária. Por isso, o Papa Francisco convocou este mês extraordinário em outubro, que já tem toda a programação definida, impressa inclusive em um livreto, com dicas para vivermos este momento. Recebemos hoje o kit com a cruz missionária e a bandeira com a logomarca e a inscrição ‘Batizados e Enviados: a  Igreja de Cristo missionária no Mundo’, lema do Mês Missionário”, detalhou dom Sergio

      O bispo garantiu que a cruz missionária chegará a cada diocese do Regional. “Desejo que todas as dioceses do Paraná, fieis a sua missão, se abram cada vez mais ‘além fronteira’. Temos a missão em Bafatá, na Guiné Bissau, na cidade de Quebo, a Missão Católica Santo Paulo VI. Que todos se unam, apoiem em oração e com a sua ajuda a nossa missão da igreja do Paraná na África”, reforçou dom Sergio.


Eleição     

      O episcopado brasileiro, através de voto secreto, elegerá o presidente, vice-presidente, segundo vice-presidente, secretário geral, presidentes das Comissões Episcopais Pastorais da CNBB e seus representantes junto à Conferência Episcopal Latino-americana (Celam). Foram instaladas 17 urnas eletrônicas no Centro de Eventos Padre Vitor Coelho de Almeida, local onde é realizada a Assembleia Geral da CNBB, que foram testadas por todos os bispos no último sábado (04). A urnas, com um sistema desenvolvido pelo Departamento de Tecnologia da Informação da CNBB, foram idealizadas para rodar em plataforma web, conectada a um servidor de banco de dados. 

      Durante as votações, que podem acontecer até a próxima quinta-feira (9), cada urna terá como responsável um presidente e um secretário, para garantir o sigilo e a privacidade dos eleitores, durante o processo de eleição. Após cada escrutínio, o sistema de gerenciamento das urnas se encarregará da apuração dos votos. Será emitido um relatório com o nome dos candidatos votados, por ordem decrescente, indicando se o candidato mais votado atingiu o percentual de votos exigido para aquele escrutínio.


Diocede Ponta Grossa
Dom Sergio recebeu a cruz, símbolo do Mês Missionário, para levar para o Regional   |   Jorge Teles/ Secretaria Executiva Regional Sul 2

Diocede Ponta Grossa
A bandeira do Mês Missionário Extraordinário 2019, a ser celebrado em outubro   |   Jorge Teles/ Secretaria Executiva Regional Sul 2


Navegue até a sua Paróquia