DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA


SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 08/06/2019

Devotos saem às ruas para saudar santa

Imagem de Aparecida percorreu diversas vilas

 
No santuário, os devotos saudavam a imagem com cânticos e bandeirinhas coloridas No santuário, os devotos saudavam a imagem com cânticos e bandeirinhas coloridas | Crédito: AssCom Diocese de Ponta Grossa

      Emoção que se repete ano após ano, a visita da imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida mobiliza os devotos. Igreja lotada na matriz da Paróquia Nossa Senhora do Monte Claro, na recepção da imagem. Santuário cheio na missa da acolhida da santa. Um amor que se viu nas ruas, nas casas durante todo o trajeto da carreata. Mesmo com o frio, os fieis esperavam ansiosos, com altares improvisados decorados com bexigas azuis e brancas, velas, imagens e rogavam, ao fazer o sinal da cruz, bênçãos  à  Mãe, quando ela passava. A imagem peregrina foi recepcionada na igreja do Núcleo Santa Maria, às  19 horas, e percorreu diversos bairros até chegar ao Santuário Diocesano, na Nova Rússia, perto das 21 horas.

      O reitor do Santuário Diocesano e pároco da São Sebastião, padre Sandro Maciel Ferreira, agradeceu todos os devotos que foram recepcionar a imagem, os que vieram em carreata e acompanharam a celebração. “Meu muito obrigado ao padre Gilberto e a todos da Paróquia Nossa Senhora do Monte Claro. Que todos sejam levado ao coração de Deus pelas mãos de Maria”, comentou. É a oitava vez que santa sai do Santuário Nacional, em São Paulo, e peregrina por Ponta Grossa. A imagem ficará dias 7, 8 e 9 na sede da Diocese,  merecendo uma programação especial com missas, cantos, meditação, ladainhas e oração do terço meditado.

      Padre Gilberto de Andrade Torquato, pároco da Nossa Senhora do Monte Claro, contou que foi a primeira vez que a imagem visita a paróquia. “O convite foi uma grata surpresa para mim e para a comunidade. Dentre todas as paróquias da Diocese,  padre Sandro nos escolheu pelo trabalho que estamos realizando e que a comunidade está assumindo também. É motivo de muita alegria”, afirmou, citando que está há três anos na paróquia, desenvolvendo ações de formação, de espiritualidade e a reforma da igreja, que está sendo ampliada em seis metros. “Agora, está com características de igreja matriz, como ela é. E a comunidade está junto. É bonito ver que essa motivação brotou do coração de todos os paroquianos. Todos estão ajudando”, ressaltou. Durante a missa, concelebrada por ele, padre Gilberto pediu para que os devotos vindos da Paróquia Nossa Senhora do Monte Claro levantassem de seus bancos. Centenas ficaram em pé e foram aplaudidos.

      “Durante todo o sobe e desce de ruas, pude perceber o quanto Nossa Senhora da Conceição Aparecida é  amada; a virgem negra que une todas as raças de nosso País e olha por cada um, olha por todos”, destacou. Nestes três dias, o santuário ficará aberto durante o dia todo. No sábado (8), das 8 às 20 horas, haverá celebrações, adoração, cantos, meditação, ladainha e oração do terço meditado das mulheres. A primeira missa será celebrada às 8 horas. A celebração das 10 horas será voltada para as crianças. Na missa das 15 horas, haverá bênção e unção de idosos e enfermos, bênção com  o Santíssimo e a consagração a Nossa Senhora. À noite, às 19 horas, acontece uma procissão luminosa, saindo da comunidade São Leopoldo, na Vila Cristina, vindo até o santuário, onde será celebrada a missa de encerramento do dia.

      A programação de domingo (9), será aberta com missa, celebrada às 7 horas. Às 8, será rezado o terço dos homens; às 10 horas, missa; às 14 horas começará a Roda de Viola; às 15 horas, missa da família, bênção do Santíssimo e consagração de Nossa Senhora. A celebração que encerra a visita da imagem acontecerá às 19 horas. Tanto no sábado como no domingo, no pátio externo, funcionará praça de alimentação, com a venda de cachorro quente, pastel, bolo com medalhas, café, quentão sem álcool, artigos religiosos e flores. Para o almoço comunitário de domingo, serão servidos leitão e costela de fogo de chão.


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
|





Publicado em: 08/06/2019

Devotos saem às ruas para saudar santa

Imagem de Aparecida percorreu diversas vilas

 

      Emoção que se repete ano após ano, a visita da imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida mobiliza os devotos. Igreja lotada na matriz da Paróquia Nossa Senhora do Monte Claro, na recepção da imagem. Santuário cheio na missa da acolhida da santa. Um amor que se viu nas ruas, nas casas durante todo o trajeto da carreata. Mesmo com o frio, os fieis esperavam ansiosos, com altares improvisados decorados com bexigas azuis e brancas, velas, imagens e rogavam, ao fazer o sinal da cruz, bênçãos  à  Mãe, quando ela passava. A imagem peregrina foi recepcionada na igreja do Núcleo Santa Maria, às  19 horas, e percorreu diversos bairros até chegar ao Santuário Diocesano, na Nova Rússia, perto das 21 horas.

      O reitor do Santuário Diocesano e pároco da São Sebastião, padre Sandro Maciel Ferreira, agradeceu todos os devotos que foram recepcionar a imagem, os que vieram em carreata e acompanharam a celebração. “Meu muito obrigado ao padre Gilberto e a todos da Paróquia Nossa Senhora do Monte Claro. Que todos sejam levado ao coração de Deus pelas mãos de Maria”, comentou. É a oitava vez que santa sai do Santuário Nacional, em São Paulo, e peregrina por Ponta Grossa. A imagem ficará dias 7, 8 e 9 na sede da Diocese,  merecendo uma programação especial com missas, cantos, meditação, ladainhas e oração do terço meditado.

      Padre Gilberto de Andrade Torquato, pároco da Nossa Senhora do Monte Claro, contou que foi a primeira vez que a imagem visita a paróquia. “O convite foi uma grata surpresa para mim e para a comunidade. Dentre todas as paróquias da Diocese,  padre Sandro nos escolheu pelo trabalho que estamos realizando e que a comunidade está assumindo também. É motivo de muita alegria”, afirmou, citando que está há três anos na paróquia, desenvolvendo ações de formação, de espiritualidade e a reforma da igreja, que está sendo ampliada em seis metros. “Agora, está com características de igreja matriz, como ela é. E a comunidade está junto. É bonito ver que essa motivação brotou do coração de todos os paroquianos. Todos estão ajudando”, ressaltou. Durante a missa, concelebrada por ele, padre Gilberto pediu para que os devotos vindos da Paróquia Nossa Senhora do Monte Claro levantassem de seus bancos. Centenas ficaram em pé e foram aplaudidos.

      “Durante todo o sobe e desce de ruas, pude perceber o quanto Nossa Senhora da Conceição Aparecida é  amada; a virgem negra que une todas as raças de nosso País e olha por cada um, olha por todos”, destacou. Nestes três dias, o santuário ficará aberto durante o dia todo. No sábado (8), das 8 às 20 horas, haverá celebrações, adoração, cantos, meditação, ladainha e oração do terço meditado das mulheres. A primeira missa será celebrada às 8 horas. A celebração das 10 horas será voltada para as crianças. Na missa das 15 horas, haverá bênção e unção de idosos e enfermos, bênção com  o Santíssimo e a consagração a Nossa Senhora. À noite, às 19 horas, acontece uma procissão luminosa, saindo da comunidade São Leopoldo, na Vila Cristina, vindo até o santuário, onde será celebrada a missa de encerramento do dia.

      A programação de domingo (9), será aberta com missa, celebrada às 7 horas. Às 8, será rezado o terço dos homens; às 10 horas, missa; às 14 horas começará a Roda de Viola; às 15 horas, missa da família, bênção do Santíssimo e consagração de Nossa Senhora. A celebração que encerra a visita da imagem acontecerá às 19 horas. Tanto no sábado como no domingo, no pátio externo, funcionará praça de alimentação, com a venda de cachorro quente, pastel, bolo com medalhas, café, quentão sem álcool, artigos religiosos e flores. Para o almoço comunitário de domingo, serão servidos leitão e costela de fogo de chão.


Diocede Ponta Grossa
No santuário, os devotos saudavam a imagem com cânticos e bandeirinhas coloridas   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
No santuário, os devotos saudavam a imagem com cânticos e bandeirinhas coloridas   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
No santuário, os devotos saudavam a imagem com cânticos e bandeirinhas coloridas   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
A carreata com a imagem percorreu diversas vilas da cidade   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
A recepção este ano aconteceu na Paróquia Nossa Senhora do Monte Claro   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
A recepção este ano aconteceu na Paróquia Nossa Senhora do Monte Claro   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa


Navegue até a sua Paróquia