DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA


SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 06/01/2020

Missão Jesus no Litoral teve presença de missionários da diocese

Mais uma vez a onda laranjinha promoveu a evangelização nas praias paranaenses

 
a 17ª edição do JNL reuniu cerca de 400 jovens de várias dioceses do Estado a 17ª edição do JNL reuniu cerca de 400 jovens de várias dioceses do Estado | Crédito: Facebook Ministério Jovem RCC Paraná

      Idealizado no Paraná e espalhado pelo litoral brasileiro, 17 jovens missionários da Diocese de Ponta Grossa participaram do projeto ‘Jesus no Litoral’ (JNL, como é conhecido). Promovido e organizado pelo Ministério Jovem da Renovação Carismática Católica (RCC) do Paraná, o JNL reúne, desde 2002, jovens no litoral paranaense para atuarem em missão. Os jovens das dioceses do estado descem a serra entre as festas de Natal e Ano Novo para anunciar a Boa Nova aos moradores das cidades litorâneas e veranistas. O JNL iniciou dia 26 de dezembro e terminou nesse final de semana, dia 4 de janeiro. Segundo a organização cerca de 400 jovens participaram da 17ª edição.

      Estiveram no litoral paranaense representando nossa diocese os jovens Leticia Machado (Paróquia Nossa Senhora de Monte Claro/Ponta Grossa), Lucas Machado Ribeiro, Gabriela Andressa Faustin Szeremeta e Vilmar Biscaia (Paróquia Menino Jesus/Reserva), Eliel Correia (Paróquia São José/Imbaú), Daiane Rudniak, Wesley José de Paula e Emanuel Nós (Paróquia São Miguel/Irati), Aline Ferreira, Mariane Sarafim e Amanda de Moraes (Paróquia Nossa Senhora de Medianeira/Ponta Grossa), Milana Fontes (Paróquia Nossa Senhora do Rosário/Ponta Grossa), Crislaine Lopes e Cristina Lopes (Paróquia Nossa Senhora de Sion/Castro), Marcos Vinicius Hneda (Paróquia Nossa Senhora do Pilar Ponta Grossa), Pamela Rodrigues (Paróquia Santo Antônio/Imbituva) e o seminarista diocesano, Christiann Macedo. De nossa diocese participou também o padre Rodrigo Ribas, que celebrou a Santa Missa dia dois de janeiro, em uma rede social ele afirmou que no JNL aprendeu que pode dar muito mais daquilo que de graça recebida.

      A jovem missionária da Diocese de Ponta Grossa, Mariane Sarafim, comenta que a participação do JNL foi uma oportunidade de amadurecimento e aprofundamento a partir da própria experiência com o amor de Deus. “Reconhecemos o verdadeiro Cristo, que derrama sua misericórdia sobre nós, que nos capacita e nos envia para a missão. Dia após dia experimentamos essa misericórdia tendo a oportunidade de debruçar nossas vidas nas mãos do pai. Participamos de momentos de cura, onde o Senhor pode transformar a vida de cada um de nós” comentou a jovem.

      O tema deste desta edição do projeto foi inspirado em uma frase de Santa Terezinha do Menino Jesus: “Misericórdia infinita”. Segundo os organizadores, desde a primeira edição do evento muitas vidas foram restauradas, famílias restituídas e os jovens puderam experimentar um pouco como é viver em busca da santidade. A cada ano, em média, são visitadas três mil casas e quatro mil guarda-sóis. Dentro da programação da missão houve missas, música e artes, orações, visitas, reflexão e formações. Além de evangelizar na praia e nas portas, os “laranjinhas”, visitam casas noturnas, bares, hospitais e o comércio, levando a Palavra de Deus que é viva e eficaz.

      “A saída ao encontro dos irmãos, na promoção humana, foi algo incrível, pudemos encontrar Cristo na dor do irmão que está em situação de rua. Os missionários puderam entrar nas casas de pessoas que estão em situação complicadas para levar a Palavra e a misericórdia do Senhor”, explicou Mariane. “Nossas expectativas não foram atingidas, foram superadas. Voltamos para Ponta Grossa com nossos corações preparados para a missão e fazer a diferença no meio de onde viemos”, concluiu.


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Abandono social impactou o casal   |   Folia de Reis é realizada em Ponta Grossa   |   Moradores constroem capela   |   Igreja e fé fortalecem hansenianos   |  





Publicado em: 06/01/2020

Missão Jesus no Litoral teve presença de missionários da diocese

Mais uma vez a onda laranjinha promoveu a evangelização nas praias paranaenses

 

      Idealizado no Paraná e espalhado pelo litoral brasileiro, 17 jovens missionários da Diocese de Ponta Grossa participaram do projeto ‘Jesus no Litoral’ (JNL, como é conhecido). Promovido e organizado pelo Ministério Jovem da Renovação Carismática Católica (RCC) do Paraná, o JNL reúne, desde 2002, jovens no litoral paranaense para atuarem em missão. Os jovens das dioceses do estado descem a serra entre as festas de Natal e Ano Novo para anunciar a Boa Nova aos moradores das cidades litorâneas e veranistas. O JNL iniciou dia 26 de dezembro e terminou nesse final de semana, dia 4 de janeiro. Segundo a organização cerca de 400 jovens participaram da 17ª edição.

      Estiveram no litoral paranaense representando nossa diocese os jovens Leticia Machado (Paróquia Nossa Senhora de Monte Claro/Ponta Grossa), Lucas Machado Ribeiro, Gabriela Andressa Faustin Szeremeta e Vilmar Biscaia (Paróquia Menino Jesus/Reserva), Eliel Correia (Paróquia São José/Imbaú), Daiane Rudniak, Wesley José de Paula e Emanuel Nós (Paróquia São Miguel/Irati), Aline Ferreira, Mariane Sarafim e Amanda de Moraes (Paróquia Nossa Senhora de Medianeira/Ponta Grossa), Milana Fontes (Paróquia Nossa Senhora do Rosário/Ponta Grossa), Crislaine Lopes e Cristina Lopes (Paróquia Nossa Senhora de Sion/Castro), Marcos Vinicius Hneda (Paróquia Nossa Senhora do Pilar Ponta Grossa), Pamela Rodrigues (Paróquia Santo Antônio/Imbituva) e o seminarista diocesano, Christiann Macedo. De nossa diocese participou também o padre Rodrigo Ribas, que celebrou a Santa Missa dia dois de janeiro, em uma rede social ele afirmou que no JNL aprendeu que pode dar muito mais daquilo que de graça recebida.

      A jovem missionária da Diocese de Ponta Grossa, Mariane Sarafim, comenta que a participação do JNL foi uma oportunidade de amadurecimento e aprofundamento a partir da própria experiência com o amor de Deus. “Reconhecemos o verdadeiro Cristo, que derrama sua misericórdia sobre nós, que nos capacita e nos envia para a missão. Dia após dia experimentamos essa misericórdia tendo a oportunidade de debruçar nossas vidas nas mãos do pai. Participamos de momentos de cura, onde o Senhor pode transformar a vida de cada um de nós” comentou a jovem.

      O tema deste desta edição do projeto foi inspirado em uma frase de Santa Terezinha do Menino Jesus: “Misericórdia infinita”. Segundo os organizadores, desde a primeira edição do evento muitas vidas foram restauradas, famílias restituídas e os jovens puderam experimentar um pouco como é viver em busca da santidade. A cada ano, em média, são visitadas três mil casas e quatro mil guarda-sóis. Dentro da programação da missão houve missas, música e artes, orações, visitas, reflexão e formações. Além de evangelizar na praia e nas portas, os “laranjinhas”, visitam casas noturnas, bares, hospitais e o comércio, levando a Palavra de Deus que é viva e eficaz.

      “A saída ao encontro dos irmãos, na promoção humana, foi algo incrível, pudemos encontrar Cristo na dor do irmão que está em situação de rua. Os missionários puderam entrar nas casas de pessoas que estão em situação complicadas para levar a Palavra e a misericórdia do Senhor”, explicou Mariane. “Nossas expectativas não foram atingidas, foram superadas. Voltamos para Ponta Grossa com nossos corações preparados para a missão e fazer a diferença no meio de onde viemos”, concluiu.


Diocede Ponta Grossa
a 17ª edição do JNL reuniu cerca de 400 jovens de várias dioceses do Estado   |   Facebook Ministério Jovem RCC Paraná

Diocede Ponta Grossa
Padre Rodrigo durante a celebração da Santa Missa   |   Facebook Ministério Jovem RCC Paraná

Diocede Ponta Grossa
Os laranjinhas saíam em missão pelas praias paranaenses   |   Facebook Ministério Jovem RCC Paraná

Diocede Ponta Grossa
Os laranjinhas saíam em missão pelas praias paranaenses   |   Facebook Ministério Jovem RCC Paraná

Diocede Ponta Grossa
Grupo de missionários da Diocese de Ponta Grossa   |   Arquivo pessoal


Navegue até a sua Paróquia