DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA


SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 22/04/2020

Jovem da Pascom de Reserva vence concurso

Arte vai ilustrar material nacional do Dia da Comunicação

 
Padre Rodrigo e Lucas, aos pés da imagem de Nossa Senhora das Graças, no dia da foto do cartaz Padre Rodrigo e Lucas, aos pés da imagem de Nossa Senhora das Graças, no dia da foto do cartaz | Crédito: Acervo Pessoal

      A arte desenvolvida por Lucas Oliveira, integrante da Pastoral da Comunicação da Paróquia Menino Jesus, de Reserva, na Diocese de Ponta Grossa, vai ilustrar tudo o que for relacionado ao Dia Mundial da Comunicação Social em todo o Brasil. A identidade estará em subsídios formativos, celebrativos e materiais para redes sociais. No mais perfeito exemplo de Igreja, a conquista é resultado da comunhão de esforços: Bárbara Gardin, Herculano Batista Neto, Emanuelly das Graças Rocha, da Paróquia Nossa Senhora da Luz, de Irati, Julcinei Freitas, da Paróquia São José, de Ponta Grossa, e padre Rodrigo Ribas, assessor diocesano da Pastoral da Comunicação (Pascom).

      O concurso foi aberto a todas as pastorais da Comunicação do Brasil e o resultado foi divulgado no último dia 17. Lucas Oliveira conta que foi notificado por várias pessoas que haveria o concurso, mas, que, a princípio, não se sentia motivado para criar algo. No final do primeiro prazo de entrega, teve a ideia da foto, porém, sem conseguir por em prática. “Após alguns dias, o padre Rodrigo (Ribas), a quem devo muito, pois sempre me apoiou e incentivou meu trabalho, me avisou que haveria prorrogação na data de entrega. Na mesma semana fui visitá-lo em Irati, contei minha ideia e ele me ajudou a tirar a foto, com a ajuda do Herculano, da Bárbara e da Manu, da Paróquia Nossa Senhora da Luz”, relembra.

      Segundo Lucas, a partir daí, buscou colocar em prática a ideia de misturar tons, como o amarelo e preto e branco, que remetem ao antigo, e fontes mais atuais, para mesclar e remeter ao texto do Papa: ‘A vida se faz história’. “A foto tem essa simbologia também, pois, são duas gerações de Pascom, e, uma menor que pode vir a ser a próxima geração. Por fim, tive o apoio em todos os momentos do padre Rodrigo, que me ajudou com a documentação e envio dos arquivos. Enviamos no último dia do prazo prorrogado. Para mim foi uma alegria imensa ter ganho. Saber que fui escolhido dentre pessoas do Brasil inteiro é uma grande honra”, comemora.

       “Combinamos de ele (Lucas) vir me fazer uma visita para elaborarmos o material que nossa diocese apresentaria no Encontro Regional da Pascom, ocorrido em março em Londrina. Ele veio até Irati no feriado de Carnaval e partilhou sua ideia para o concurso. Lembrei dos agentes da Pascom da Paróquia Nossa Senhora da Luz aqui de Irati. Por intermédio do padre Alexandre (Spena) contatei a Bárbara, coordenadora paroquial e expus nossa ideia. Ela e os demais aceitaram. Fomos, então, até a igreja matriz Nossa Senhora da Luz e fizemos a foto, que expressa que há uma transmissão de conteúdo de geração para geração. É o ex-coordenador, que passa para a atual, que passa para uma criança, que pode vir a ser. É assim que o conhecimento da fé chega até nós”, explica padre Rodrigo Ribas, que é vigário paroquial da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, de Irati.

      O assessor diocesano da Pascom começou, então, a correr atrás da questão legal. Contatou Julcinei Freitas, coordenador da Pascom da Paróquia São José e Santuário Diocesano de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Ponta Grossa, que também faz parte da equipe diocesana. “Ele, como advogado, nos ajudou com os termos de uso de direitos de imagem. Depois de ter todos os documentos prontos e com a arte finalizada, passei uma tarde de domingo, o último dia do prazo, reunindo todos os arquivos para enviar. Para minha surpresa, no último dia 14, fui contatado pelo coordenador nacional da Pascom, que me comunicou a escolha do material produzido pelo Lucas”, detalha.

       “Vivendo tudo isso, agora tenho certeza: os dons que Deus concede as pessoas, quando são colocados à disposição da comunidade, produzem frutos extraordinários. Nossa Pascom Diocesana tem muito a oferecer para toda a Igreja e este concurso nos mostrou isso. Sou grato a Deus e a cada membro de Pascom da nossa Diocese”, enaltece o padre. 

      Conforme o coordenador da Pascom Brasil, Marcus Tullius, desde que foi criada a coordenação nacional, se tem procurado estreitar cada vez mais os laços com os regionais, as dioceses e também as paróquias e comunidades. “É aí que a ação evangelizadora acontece de fato. É o chão fecundo para a comunicação. Por isso, temos desenvolvido estratégias para estar cada vez mais próximos, seja por meio do portal e das redes sociais, como também de iniciativas como o concurso para a identidade visual do Dia Mundial das Comunicações Sociais. É uma oportunidade de intensificar as relações e promover uma comunicação cada vez mais em rede. Não uma comunicação vertical, mas compreender que somos todos pontos de uma única e necessária rede”, destaca.


Mérito

      Para Bárbara Gardin, o sentimento é de muita alegria e gratidão. “A história da nossa Pascom, retratada na foto do cartaz, vai ao encontro do tema do Dia Mundial das Comunicações Sociais de 2020: ‘Para que possas contar e fixar na memória’ (Ex 10, 2). A vida faz-se história". O Herculano deu início ao trabalho há mais de 28 anos, com o boletim informativo, e estendeu a iniciativa até os meios atuais, com a chegada das mídias digitais, passando o bastão para que eu pudesse dar continuidade no trabalho sempre tão bem desenvolvido. Agradeço à Pascom Diocesana pelo convite. Com certeza é uma conquista muito importante no âmbito de comunicação em toda a Diocese".

      O advogado Julcinei Freitas lembra que a preocupação era regularizar o uso de imagens e que trabalhou na elaboração de documentos que permitissem a utilização das imagens e as cediam à Pastoral da Comunicação da Diocese. “Esta premiação representa a Graça que o próprio Deus vem fazendo na comunicação, fruto da doação de muitas pessoas ao longo do tempo e contemporaneamente pela dedicação da coordenação e do assessor eclesiástico. Todo este contexto permitiu que cada um de nós, com nossos dons e talentos a serviço do Reino de Deus pudéssemos chegar nesta premiação nacional. Além da surpresa e alegria já mencionadas, creio que servirá de estímulo e motivação para darmos maiores passos neste caminho indissociável de levar o Cristo, vivo e ressuscitado a todo povo da Diocese pela comunicação”, enfatiza.

      “Estamos super-felizes, radiantes e orgulhosos, pois num concurso onde participaram diversos trabalhos do Brasil, ser escolhido o da Diocese de Ponta Grossa é um incentivo para todos os comunicadores e sinal de que estamos no caminho certo, com pasconeiros competentes, animados e empenhados em servir através da comunicação evangelizadora. Ainda mais nestes tempos de isolamento social, onde a Igreja está sendo desafiada, sem reuniões pastorais, sem missas com fieis... a presença dos agentes de comunicação nas comunidades está sendo um elo forte e amoroso do povo com Deus”, reflete a coordenadora diocesana da Pascom, Ivete Mazzure.


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Setor Juventude realiza ‘II Conecta’   |   ‘Colaborar com a missão é presentear Jesus’   |   Campanha da Fraternidade será ecumênica   |   Missa acolhe relíquia de São João Paulo II   |  





Publicado em: 22/04/2020

Jovem da Pascom de Reserva vence concurso

Arte vai ilustrar material nacional do Dia da Comunicação

 

      A arte desenvolvida por Lucas Oliveira, integrante da Pastoral da Comunicação da Paróquia Menino Jesus, de Reserva, na Diocese de Ponta Grossa, vai ilustrar tudo o que for relacionado ao Dia Mundial da Comunicação Social em todo o Brasil. A identidade estará em subsídios formativos, celebrativos e materiais para redes sociais. No mais perfeito exemplo de Igreja, a conquista é resultado da comunhão de esforços: Bárbara Gardin, Herculano Batista Neto, Emanuelly das Graças Rocha, da Paróquia Nossa Senhora da Luz, de Irati, Julcinei Freitas, da Paróquia São José, de Ponta Grossa, e padre Rodrigo Ribas, assessor diocesano da Pastoral da Comunicação (Pascom).

      O concurso foi aberto a todas as pastorais da Comunicação do Brasil e o resultado foi divulgado no último dia 17. Lucas Oliveira conta que foi notificado por várias pessoas que haveria o concurso, mas, que, a princípio, não se sentia motivado para criar algo. No final do primeiro prazo de entrega, teve a ideia da foto, porém, sem conseguir por em prática. “Após alguns dias, o padre Rodrigo (Ribas), a quem devo muito, pois sempre me apoiou e incentivou meu trabalho, me avisou que haveria prorrogação na data de entrega. Na mesma semana fui visitá-lo em Irati, contei minha ideia e ele me ajudou a tirar a foto, com a ajuda do Herculano, da Bárbara e da Manu, da Paróquia Nossa Senhora da Luz”, relembra.

      Segundo Lucas, a partir daí, buscou colocar em prática a ideia de misturar tons, como o amarelo e preto e branco, que remetem ao antigo, e fontes mais atuais, para mesclar e remeter ao texto do Papa: ‘A vida se faz história’. “A foto tem essa simbologia também, pois, são duas gerações de Pascom, e, uma menor que pode vir a ser a próxima geração. Por fim, tive o apoio em todos os momentos do padre Rodrigo, que me ajudou com a documentação e envio dos arquivos. Enviamos no último dia do prazo prorrogado. Para mim foi uma alegria imensa ter ganho. Saber que fui escolhido dentre pessoas do Brasil inteiro é uma grande honra”, comemora.

       “Combinamos de ele (Lucas) vir me fazer uma visita para elaborarmos o material que nossa diocese apresentaria no Encontro Regional da Pascom, ocorrido em março em Londrina. Ele veio até Irati no feriado de Carnaval e partilhou sua ideia para o concurso. Lembrei dos agentes da Pascom da Paróquia Nossa Senhora da Luz aqui de Irati. Por intermédio do padre Alexandre (Spena) contatei a Bárbara, coordenadora paroquial e expus nossa ideia. Ela e os demais aceitaram. Fomos, então, até a igreja matriz Nossa Senhora da Luz e fizemos a foto, que expressa que há uma transmissão de conteúdo de geração para geração. É o ex-coordenador, que passa para a atual, que passa para uma criança, que pode vir a ser. É assim que o conhecimento da fé chega até nós”, explica padre Rodrigo Ribas, que é vigário paroquial da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, de Irati.

      O assessor diocesano da Pascom começou, então, a correr atrás da questão legal. Contatou Julcinei Freitas, coordenador da Pascom da Paróquia São José e Santuário Diocesano de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Ponta Grossa, que também faz parte da equipe diocesana. “Ele, como advogado, nos ajudou com os termos de uso de direitos de imagem. Depois de ter todos os documentos prontos e com a arte finalizada, passei uma tarde de domingo, o último dia do prazo, reunindo todos os arquivos para enviar. Para minha surpresa, no último dia 14, fui contatado pelo coordenador nacional da Pascom, que me comunicou a escolha do material produzido pelo Lucas”, detalha.

       “Vivendo tudo isso, agora tenho certeza: os dons que Deus concede as pessoas, quando são colocados à disposição da comunidade, produzem frutos extraordinários. Nossa Pascom Diocesana tem muito a oferecer para toda a Igreja e este concurso nos mostrou isso. Sou grato a Deus e a cada membro de Pascom da nossa Diocese”, enaltece o padre. 

      Conforme o coordenador da Pascom Brasil, Marcus Tullius, desde que foi criada a coordenação nacional, se tem procurado estreitar cada vez mais os laços com os regionais, as dioceses e também as paróquias e comunidades. “É aí que a ação evangelizadora acontece de fato. É o chão fecundo para a comunicação. Por isso, temos desenvolvido estratégias para estar cada vez mais próximos, seja por meio do portal e das redes sociais, como também de iniciativas como o concurso para a identidade visual do Dia Mundial das Comunicações Sociais. É uma oportunidade de intensificar as relações e promover uma comunicação cada vez mais em rede. Não uma comunicação vertical, mas compreender que somos todos pontos de uma única e necessária rede”, destaca.


Mérito

      Para Bárbara Gardin, o sentimento é de muita alegria e gratidão. “A história da nossa Pascom, retratada na foto do cartaz, vai ao encontro do tema do Dia Mundial das Comunicações Sociais de 2020: ‘Para que possas contar e fixar na memória’ (Ex 10, 2). A vida faz-se história". O Herculano deu início ao trabalho há mais de 28 anos, com o boletim informativo, e estendeu a iniciativa até os meios atuais, com a chegada das mídias digitais, passando o bastão para que eu pudesse dar continuidade no trabalho sempre tão bem desenvolvido. Agradeço à Pascom Diocesana pelo convite. Com certeza é uma conquista muito importante no âmbito de comunicação em toda a Diocese".

      O advogado Julcinei Freitas lembra que a preocupação era regularizar o uso de imagens e que trabalhou na elaboração de documentos que permitissem a utilização das imagens e as cediam à Pastoral da Comunicação da Diocese. “Esta premiação representa a Graça que o próprio Deus vem fazendo na comunicação, fruto da doação de muitas pessoas ao longo do tempo e contemporaneamente pela dedicação da coordenação e do assessor eclesiástico. Todo este contexto permitiu que cada um de nós, com nossos dons e talentos a serviço do Reino de Deus pudéssemos chegar nesta premiação nacional. Além da surpresa e alegria já mencionadas, creio que servirá de estímulo e motivação para darmos maiores passos neste caminho indissociável de levar o Cristo, vivo e ressuscitado a todo povo da Diocese pela comunicação”, enfatiza.

      “Estamos super-felizes, radiantes e orgulhosos, pois num concurso onde participaram diversos trabalhos do Brasil, ser escolhido o da Diocese de Ponta Grossa é um incentivo para todos os comunicadores e sinal de que estamos no caminho certo, com pasconeiros competentes, animados e empenhados em servir através da comunicação evangelizadora. Ainda mais nestes tempos de isolamento social, onde a Igreja está sendo desafiada, sem reuniões pastorais, sem missas com fieis... a presença dos agentes de comunicação nas comunidades está sendo um elo forte e amoroso do povo com Deus”, reflete a coordenadora diocesana da Pascom, Ivete Mazzure.


Diocede Ponta Grossa
Padre Rodrigo e Lucas, aos pés da imagem de Nossa Senhora das Graças, no dia da foto do cartaz   |   Acervo Pessoal

Diocede Ponta Grossa
Lucas Oliveira é membro atuante da Pascom da Paróquia Menino Jesus   |   Acervo Pessoal

Diocede Ponta Grossa
Herculano é ex-coordenador e atual membro da Pascom, e Emanuelly é coroinha da Paróquia Nossa Senhora da Luz: história contada de geração a geração   |   Acervo Pessoal


Navegue até a sua Paróquia