DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA


SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 15/06/2020

Ação recolhe 21 toneladas de alimentos

Itens de higiene também são bem-vindos. Colabore!

 
Em maio, a Cáritas recebeu da UEPG cestas básicas destinadas a migrantes e refugiados em vulnerabilidade social Em maio, a Cáritas recebeu da UEPG cestas básicas destinadas a migrantes e refugiados em vulnerabilidade social | Crédito: Cáritas Diocesana

      Em quase dois meses, a Ação Solidária Emergencial ‘É Tempo de Cuidar’, iniciativa da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e Cáritas Brasileira, arrecadou mais de 900 toneladas de alimentos e beneficiou 260 mil pessoas em todo o Brasil. Na Diocese de Ponta Grossa, a Cáritas recebeu mais de 500 itens de higiene e limpeza, e, aproximadamente 21 mil quilos de alimentos, atendendo 835 famílias, ou, cerca de 3.340 pessoas. Esse montante refere-se ao recolhido em 17 paróquias e na sede da Cáritas, na Vila Liane, em Ponta Grossa.

      Os itens arrecadados visam atender demandas de primeira necessidade das pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade social, afetadas pelo contexto de pandemia do Coronavírus. Segundo o balanço nacional, realizado no último dia8 de junho, entre as doações estão 979.437 quilos de itens alimentícios e 119.819 unidades de kits de higiene e limpeza. As arrecadações são distribuídas às comunidades mais vulneráveis que tiveram sua renda extremamente afetada. São beneficiados desempregados, migrantes e refugiados, população em situação de rua e comunidades carentes.

      Paralelamente, a Cáritas Diocesana disponibilizou uma conta bancária – Cooperativa Sicredi, agência0730, cc 16.857-7 – para serem feitos repasses em dinheiro. Os recursos estão sendo usados para comprar alimentos e montar cestas básicas, adquirir material de higiene e de limpeza. Até esta segunda-feira (15), 50 kits foram repassados para as paróquias Espírito Santo e São Francisco, e, para famílias de migrantes. Foram entregues ainda mais de 15 cestas, nos últimos 20 dias, fruto de doações encaminhadas à sede da Cáritas e feitas também pela Universidade Estadual de Ponta Grossa.

      Você que ainda não colaborou pode fazer sua doação na sede da Cáritas, Rua Padre de Buss, 335, na Vila Liane – de segunda a sexta-feira, das 8 às 13h30 - ou diretamente nas paróquias. Seja solidário neste momento em que o mundo precisa tanto de empatia!


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Feira angaria fundos para o João XXIII   |   São João ganha ‘live arraiá’   |   Catedral ganha imagem restaurada de Sant’Ana   |   Paroquianos celebram sua padroeira   |  





Publicado em: 15/06/2020

Ação recolhe 21 toneladas de alimentos

Itens de higiene também são bem-vindos. Colabore!

 

      Em quase dois meses, a Ação Solidária Emergencial ‘É Tempo de Cuidar’, iniciativa da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e Cáritas Brasileira, arrecadou mais de 900 toneladas de alimentos e beneficiou 260 mil pessoas em todo o Brasil. Na Diocese de Ponta Grossa, a Cáritas recebeu mais de 500 itens de higiene e limpeza, e, aproximadamente 21 mil quilos de alimentos, atendendo 835 famílias, ou, cerca de 3.340 pessoas. Esse montante refere-se ao recolhido em 17 paróquias e na sede da Cáritas, na Vila Liane, em Ponta Grossa.

      Os itens arrecadados visam atender demandas de primeira necessidade das pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade social, afetadas pelo contexto de pandemia do Coronavírus. Segundo o balanço nacional, realizado no último dia8 de junho, entre as doações estão 979.437 quilos de itens alimentícios e 119.819 unidades de kits de higiene e limpeza. As arrecadações são distribuídas às comunidades mais vulneráveis que tiveram sua renda extremamente afetada. São beneficiados desempregados, migrantes e refugiados, população em situação de rua e comunidades carentes.

      Paralelamente, a Cáritas Diocesana disponibilizou uma conta bancária – Cooperativa Sicredi, agência0730, cc 16.857-7 – para serem feitos repasses em dinheiro. Os recursos estão sendo usados para comprar alimentos e montar cestas básicas, adquirir material de higiene e de limpeza. Até esta segunda-feira (15), 50 kits foram repassados para as paróquias Espírito Santo e São Francisco, e, para famílias de migrantes. Foram entregues ainda mais de 15 cestas, nos últimos 20 dias, fruto de doações encaminhadas à sede da Cáritas e feitas também pela Universidade Estadual de Ponta Grossa.

      Você que ainda não colaborou pode fazer sua doação na sede da Cáritas, Rua Padre de Buss, 335, na Vila Liane – de segunda a sexta-feira, das 8 às 13h30 - ou diretamente nas paróquias. Seja solidário neste momento em que o mundo precisa tanto de empatia!


Diocede Ponta Grossa
Em maio, a Cáritas recebeu da UEPG cestas básicas destinadas a migrantes e refugiados em vulnerabilidade social   |   Cáritas Diocesana

Diocede Ponta Grossa
Duas paróquias receberam os kits com alimentos e artigos de higiene, que seriam repassados a 50 famílias   |   Cáritas Diocesana


Navegue até a sua Paróquia