DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA



SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 05/10/2021

Festa da padroeira do Brasil terá novidades

Este ano, programa inclui passeio ciclístico

 
O carro com a imagem sai do santuário diocesano O carro com a imagem sai do santuário diocesano | Crédito: Arquivo AssCom Diocese de Ponta Grossa

Já desde 2019 a programação da festa da padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, vem sendo modificada em função da pandemia de Covid 19. A reitoria do Santuário Diocesano de Nossa Senhora Aparecida aboliu, por exemplo, a tradicional procissão e a Adoração, que acontecia todos os anos, de 3 a 11 de outubro, na capela do Hospital Bom Jesus. Este ano, além da carreata que leva imagem da santa a vários pontos da cidade, a festa incluirá o ‘Pedalando em Louvor a Nossa Senhora Aparecida’, um passeio ciclístico, marcado para o dia 10, a partir das 14h30. 


       “A carreata surgiu no ano retrasado. A imagem era levada do santuário ao Hospital Bom Jesus: colocada em um carro e levada até lá. Depois, decidimos fazer algo que envolvesse mais a cidade. Resolvemos, então, celebrar a missa das 10 e sair em carreata até o hospital e fazer a entrega solene da imagem, que depois viria em procissão. Pois bem, ano passado, a procissão não ocorreu. Ampliamos o percurso da carreata e fizemos com que ela contemplasse outras regiões da cidade, o que será repetido esse ano. Na carreata do ano passado, percebemos que muita gente com bicicleta nos acompanhou. Os ciclistas mais acostumados foram até o final, mas muitos outros ficaram pelo caminho. Daí, surgiu a ideia de fazer um percurso com os ciclistas, envolvendo toda a família”, justifica o reitor do santuário, padre Sandro Maciel Ferreira. 


     Segundo o reitor, o percurso será mais curto justamente para poder contar com a presença de crianças, jovens, adultos e idosos. Ano passado, em torno de 30 ciclistas participaram da carreata. “Este ano, estamos esperando uma média de 100 pessoas, mas não tenho ideia por ser o primeiro passeio ciclístico”, argumenta padre Sandro. A saída acontece na igreja São Sebastião/Santuário de Nossa Senhora Aparecida, pela Rua Coronel Generoso Martins de Araújo, entra à esquerda pela Rua Antônio Carlos e à direita na Avenida Dom Pedro II. Passa pelas ruas Maurício de Nassau, Marechal Rondon, Pastor Fugman, Frederico Bahls, Barão do Cerro Azul, Comendador Airton Playsant, Generoso Marquês dos Santos, Travessa Pasteur, Ernesto Vilela, Maurício de Nassau, Avenida Dom Pedro II, Teixeira de Freitas, e, chega, novamente, pela Rua Generoso Martins de Araújo.


     A carreata com a imagem da padroeira acontece no dia 12, logo depois da missa das 10 horas. A peregrinação também sai pela Rua Coronel Generoso Martins de Araújo, vira à direita pela Rua Londrina, à esquerda pela Avenida Visconde de Taunay e segue pela Avenida Doutor Vicente Machado, ruas Conselheiro Barradas, Tenente Hinon Silva, Catão Monclaro, Avenida Rocha Pombo, Rua Augusto Canto e Avenida Monteiro Lobato. Na rotatória de acesso a UTFPR entra à esquerda na Rua Antônio Saad, e, na rotatória de acesso a RPC, entra à esquerda na Rua Alcebíades de Miranda. Passa ainda pelas ruas João Dittzel, Acylino Pinto de Carvalho, Bento Ribeiro, Apucarana, Francisco Otaviano, Dom Pedro II, Teixeira de Freitas, Bittencourt Sampaio, Alexandre Herculano e chega ao santuário.


     No feriado do dia 12, serão celebradas missas às 8, 10 e 12 horas. Às 14 horas, será rezado o Santo Terço. A missa das 15 horas será celebrada pelo bispo dom Sergio Arthur Braschi. Outras celebrações estão marcadas ainda para as 17 e 19 horas. Às 20 horas, o Santo Terço será conduzido pelos integrantes do Encontro de Casais com Cristo. Durante todo o dia, haverá venda de pastel e do bolo da padroeira. 


     No último dia 3, iniciaram as missas-novenas, às 19 horas, em louvor a Nossa Senhora Aparecida, com bênçãos e orações especiais: nesta terça (5), bênção de jovens, adolescentes e crianças; amanhã, da água, imagens e objetos de devoção; na quinta-feira, pães e demais alimentos; dia 8, doentes e idosos; dia 9, dos veículos; dia 10, dos casais, e, no dia 11, oração pelos falecidos.


     Nas missas, padre Sandro tem pedido que os devotos que quiserem dar testemunho sobre graças recebidas escrevam seus relatos e deixem na secretaria paroquial ou os mandem por email: saosebastiaopg@gmail.com. Os testemunhos de fé são lidos durante a novena, antes da homilia. Todas as celebrações podem ser acompanhadas presencialmente ou pelo www.facebook.com/saosebastiaopg  


 


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Exposição mostra peças sacras   |   Padres festejam 60 anos de sacerdócio   |   Grupo fabrica peças de presépio   |   Missa celebra 60 anos de sacerdócio de padres   |  





Publicado em: 05/10/2021

Festa da padroeira do Brasil terá novidades

Este ano, programa inclui passeio ciclístico

 

Já desde 2019 a programação da festa da padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, vem sendo modificada em função da pandemia de Covid 19. A reitoria do Santuário Diocesano de Nossa Senhora Aparecida aboliu, por exemplo, a tradicional procissão e a Adoração, que acontecia todos os anos, de 3 a 11 de outubro, na capela do Hospital Bom Jesus. Este ano, além da carreata que leva imagem da santa a vários pontos da cidade, a festa incluirá o ‘Pedalando em Louvor a Nossa Senhora Aparecida’, um passeio ciclístico, marcado para o dia 10, a partir das 14h30. 


       “A carreata surgiu no ano retrasado. A imagem era levada do santuário ao Hospital Bom Jesus: colocada em um carro e levada até lá. Depois, decidimos fazer algo que envolvesse mais a cidade. Resolvemos, então, celebrar a missa das 10 e sair em carreata até o hospital e fazer a entrega solene da imagem, que depois viria em procissão. Pois bem, ano passado, a procissão não ocorreu. Ampliamos o percurso da carreata e fizemos com que ela contemplasse outras regiões da cidade, o que será repetido esse ano. Na carreata do ano passado, percebemos que muita gente com bicicleta nos acompanhou. Os ciclistas mais acostumados foram até o final, mas muitos outros ficaram pelo caminho. Daí, surgiu a ideia de fazer um percurso com os ciclistas, envolvendo toda a família”, justifica o reitor do santuário, padre Sandro Maciel Ferreira. 


     Segundo o reitor, o percurso será mais curto justamente para poder contar com a presença de crianças, jovens, adultos e idosos. Ano passado, em torno de 30 ciclistas participaram da carreata. “Este ano, estamos esperando uma média de 100 pessoas, mas não tenho ideia por ser o primeiro passeio ciclístico”, argumenta padre Sandro. A saída acontece na igreja São Sebastião/Santuário de Nossa Senhora Aparecida, pela Rua Coronel Generoso Martins de Araújo, entra à esquerda pela Rua Antônio Carlos e à direita na Avenida Dom Pedro II. Passa pelas ruas Maurício de Nassau, Marechal Rondon, Pastor Fugman, Frederico Bahls, Barão do Cerro Azul, Comendador Airton Playsant, Generoso Marquês dos Santos, Travessa Pasteur, Ernesto Vilela, Maurício de Nassau, Avenida Dom Pedro II, Teixeira de Freitas, e, chega, novamente, pela Rua Generoso Martins de Araújo.


     A carreata com a imagem da padroeira acontece no dia 12, logo depois da missa das 10 horas. A peregrinação também sai pela Rua Coronel Generoso Martins de Araújo, vira à direita pela Rua Londrina, à esquerda pela Avenida Visconde de Taunay e segue pela Avenida Doutor Vicente Machado, ruas Conselheiro Barradas, Tenente Hinon Silva, Catão Monclaro, Avenida Rocha Pombo, Rua Augusto Canto e Avenida Monteiro Lobato. Na rotatória de acesso a UTFPR entra à esquerda na Rua Antônio Saad, e, na rotatória de acesso a RPC, entra à esquerda na Rua Alcebíades de Miranda. Passa ainda pelas ruas João Dittzel, Acylino Pinto de Carvalho, Bento Ribeiro, Apucarana, Francisco Otaviano, Dom Pedro II, Teixeira de Freitas, Bittencourt Sampaio, Alexandre Herculano e chega ao santuário.


     No feriado do dia 12, serão celebradas missas às 8, 10 e 12 horas. Às 14 horas, será rezado o Santo Terço. A missa das 15 horas será celebrada pelo bispo dom Sergio Arthur Braschi. Outras celebrações estão marcadas ainda para as 17 e 19 horas. Às 20 horas, o Santo Terço será conduzido pelos integrantes do Encontro de Casais com Cristo. Durante todo o dia, haverá venda de pastel e do bolo da padroeira. 


     No último dia 3, iniciaram as missas-novenas, às 19 horas, em louvor a Nossa Senhora Aparecida, com bênçãos e orações especiais: nesta terça (5), bênção de jovens, adolescentes e crianças; amanhã, da água, imagens e objetos de devoção; na quinta-feira, pães e demais alimentos; dia 8, doentes e idosos; dia 9, dos veículos; dia 10, dos casais, e, no dia 11, oração pelos falecidos.


     Nas missas, padre Sandro tem pedido que os devotos que quiserem dar testemunho sobre graças recebidas escrevam seus relatos e deixem na secretaria paroquial ou os mandem por email: saosebastiaopg@gmail.com. Os testemunhos de fé são lidos durante a novena, antes da homilia. Todas as celebrações podem ser acompanhadas presencialmente ou pelo www.facebook.com/saosebastiaopg  


 


Diocede Ponta Grossa
O carro com a imagem sai do santuário diocesano   |   Arquivo AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
A santa peregrina pelos diversos pontos da cidade   |   Arquivo AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
Padre Sandro levará a santa pelas ruas também no passeio ciclístico, este ano   |   Arquivo AssCom Diocese de Ponta Grossa


Navegue até a sua Paróquia