DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA



SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 03/11/2022

Frio não atrapalha e cemitérios ficam lotados

Familiares prestaram suas homenagens em Finados

 
Muita gente foi ao Cemitério Jardim Paraíso mesmo com o frio Muita gente foi ao Cemitério Jardim Paraíso mesmo com o frio | Crédito: AssCom Diocese de Ponta Grossa

 Nem a chuva e o tempo mais frio de ontem (2) fizeram com que os fiéis deixassem de visitar os cemitérios pelo Dia de Finados. O Cemitério Parque Jardim Paraíso, administrado pela Diocese de Ponta Grossa, registrou movimento semelhante ao recebido todos os anos: cerca de 40 mil pessoas. No campo santo onde estão sepultadas 11.115 pessoas, familiares e amigos prestaram sua homenagem, levando suas preces, velas e flores. As duas missas celebradas no cemitério foram acompanhadas por centenas de católicos. A celebração das 10 horas foi presidida pelo bispo Dom Sergio Arthur Braschi.


     De acordo com a supervisora administrativa do Cemitério Jardim Paraíso, Jociana Ferreira, o movimento no número de pessoas se manteve. “Houve lentidão ali na nossa rua interna do cemitério e lentidão na Avenida Carlos Cavalcanti, na altura da rotatória do Campus Central da Universidade Estadual de Ponta Grossa. Mas, sem congestionamento, apesar de o cemitério ter estado lotado. As pessoas, mesmo com o frio e chuva, não deixaram de ir aos túmulos. As duas missas, nos dois horários, estiveram cheias de fiéis”, informou. 


     No Jardim Paraíso, a Diocese também disponibiliza a Missão de Escuta com os missionários da Comunidade Católica Shalom e conversas com a psicóloga Inês Grochowski. Ontem, a psicóloga atendeu 15 pessoas, dentre as quais duas crianças. A Shalom passou o dia no cemitério com 45 missionários. 


     No corredor central do Cemitério São João Batista, na Vila Marina, o pároco da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, padre José Sávio Mariano, celebrou missa, às 15 horas. Ali, em um túmulo da Congregação Salesiana estão sepultados três  sacerdotes. A congregação é quem administra a paróquia. A missa ocorre, todos anos, pela manhã, mas em 2022 se optou por realizá-la à tarde, informou padre Sávio, citando que a celebração reuniu dezenas de fiéis. “As pessoas que visitavam o campo santo celebraram com a equipe da paróquia: coroinhas, agentes do Ministério de Música, ministros extraordinários da Eucaristia, diácono José Joanir de Oliveira, padre Jaime Kniess e eu. Agradeço a todos os envolvidos na organização da celebração e aos que participaram”, comentou o pároco. 


 


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Presépio dos Arautos abre neste sábado   |   aa   |   Núncios apostólicos na Diocese   |   Encaminhadas principais ações para 2023   |  





Publicado em: 03/11/2022

Frio não atrapalha e cemitérios ficam lotados

Familiares prestaram suas homenagens em Finados

 

 Nem a chuva e o tempo mais frio de ontem (2) fizeram com que os fiéis deixassem de visitar os cemitérios pelo Dia de Finados. O Cemitério Parque Jardim Paraíso, administrado pela Diocese de Ponta Grossa, registrou movimento semelhante ao recebido todos os anos: cerca de 40 mil pessoas. No campo santo onde estão sepultadas 11.115 pessoas, familiares e amigos prestaram sua homenagem, levando suas preces, velas e flores. As duas missas celebradas no cemitério foram acompanhadas por centenas de católicos. A celebração das 10 horas foi presidida pelo bispo Dom Sergio Arthur Braschi.


     De acordo com a supervisora administrativa do Cemitério Jardim Paraíso, Jociana Ferreira, o movimento no número de pessoas se manteve. “Houve lentidão ali na nossa rua interna do cemitério e lentidão na Avenida Carlos Cavalcanti, na altura da rotatória do Campus Central da Universidade Estadual de Ponta Grossa. Mas, sem congestionamento, apesar de o cemitério ter estado lotado. As pessoas, mesmo com o frio e chuva, não deixaram de ir aos túmulos. As duas missas, nos dois horários, estiveram cheias de fiéis”, informou. 


     No Jardim Paraíso, a Diocese também disponibiliza a Missão de Escuta com os missionários da Comunidade Católica Shalom e conversas com a psicóloga Inês Grochowski. Ontem, a psicóloga atendeu 15 pessoas, dentre as quais duas crianças. A Shalom passou o dia no cemitério com 45 missionários. 


     No corredor central do Cemitério São João Batista, na Vila Marina, o pároco da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, padre José Sávio Mariano, celebrou missa, às 15 horas. Ali, em um túmulo da Congregação Salesiana estão sepultados três  sacerdotes. A congregação é quem administra a paróquia. A missa ocorre, todos anos, pela manhã, mas em 2022 se optou por realizá-la à tarde, informou padre Sávio, citando que a celebração reuniu dezenas de fiéis. “As pessoas que visitavam o campo santo celebraram com a equipe da paróquia: coroinhas, agentes do Ministério de Música, ministros extraordinários da Eucaristia, diácono José Joanir de Oliveira, padre Jaime Kniess e eu. Agradeço a todos os envolvidos na organização da celebração e aos que participaram”, comentou o pároco. 


 


Diocede Ponta Grossa
Muita gente foi ao Cemitério Jardim Paraíso mesmo com o frio   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
O cálculo é que perto de 40 mil pessoas passem pelo cemitério todos os anos   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
Houve lentidão na rua interna devido ao número de carros   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
O dia foi de oração em família   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
Diáconos atendem os familiares   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
Há pessoas que aproveitam para se confessar   |   Comunidade Shalom

Diocede Ponta Grossa
Dom Sergio celebrou missa pela manhã   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
Os dois horários de missa estiveram lotados   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
Os missionários Shalom se propõem a escutar amigos e familiares   |   Comunidade Shalom

Diocede Ponta Grossa
Desde a pandemia, a Diocese disponibiliza uma psicóloga para atender os visitantes   |   Comunidade Shalom


Navegue até a sua Paróquia