DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA



SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 14/11/2022

Terço dos Homens é referência nacional

Em plena pandemia, movimento cresceu na Diocese

 
Encontro contou com cerca de 130 participantes Encontro contou com cerca de 130 participantes | Crédito: AssCom Diocese de Ponta Grossa

O Terço dos Homens da Diocese de Ponta Grossa foi citado como referência pelo assessor nacional do movimento, Padre Vandemir José Meister. O assessor elogiou a coordenação diocesana, comentando que, ao lado dos integrantes da Diocese de São José dos Pinhais, os organizadores foram os únicos do Brasil a conseguir ‘implantar’ um Santo Terço durante a pandemia. A deferência foi feita em Prudentópolis, há duas semanas, durante um encontro de participantes da Diocese de Guarapuava, O coordenador diocesano do Terços dos Homens, Juares Machado Sobrinho, foi, inclusive, chamado ao palco para contar um pouco da experiência vivenciada na região de Ponta Grossa. 


     “Mesmo com a pandemia, nunca paramos de rezar. Nas comunidades se dava sempre um jeito. Os integrantes estavam sempre na ativa”, comentou o coordenador, citando que padre Vandemir o convidou para falar sobre os elementos do Terço e os tantos manuais que conhece. “Desde muito criança venho rezando e colecionei muitos manuais. Quando assumi a coordenação, usei o Manual Mãe Rainha para embasar a minha formação e as orientações que repasso. Eu falei sobre isso em uma pregação na Paróquia Nossa Senhora dos Remédios, em Tibagi, e alguém gravou o áudio e soltou nas redes sociais. Dom Vandemir começou a divulgar pelo país inteiro (o áudio) para servir como estímulo. Por isso me chamou no palco para falar pessoalmente”, argumentou Juares Machado Sobrinho.


     E foi nesse clima que cerca de 130 integrantes do Terço dos Homens, de diversas comunidades, participaram, na tarde de sábado (12), do encontro diocesano realizado na matriz da Paróquia São Pedro Apóstolo, no Sabará, em Ponta Grossa. Na programação, a palestra ‘Títulos de Nossa Senhora’, com o diácono Giovane Ostachevski, Santo Terço e Santa Missa celebrada pelo bispo Dom Sergio Arthur Braschi. Vieram representantes das Comunidades Senhor Bom Jesus, de Bela Vista, em Reserva, e Menino Jesus de Praga, da Vila Tânia Mara, em Ponta Grossa; Paróquia Nossa Senhora dos Remédios, em Tibagi; Paróquia Santo Antônio, de Imbituva; Imaculada Conceição, de Carambeí; São Pedro, Santa Teresinha, São Cristóvão, Nossa Senhora do Pilar, Nossa Senhora do Rosário, de Ponta Grossa, e Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, de Castro. 


     Dom Sergio lembrou que o Terço dos Homens surgiu como uma iniciativa missionária para atrair os homens. “O pai de família, que se sente não tão bem acolhido nas comunidades, já que muitas ações na Igreja, nas pastorais, nos movimentos, são formadas por mulheres. Surgiu, então, essa bela iniciativa do Terço dos Homens, que começou a reunir de norte a sul do Brasil os homens. Aqui na Diocese, em algumas paróquias há mais participação, outras, ainda estão no começo, mas é preciso destacar essas lideranças, o Juarez e outras lideranças, que procuram levar cada vez mais à frente o movimento. Tivemos (há algumas semanas) uma celebração no Santuário de Nossa Senhora do Rocio, em Paranaguá, reunindo integrantes de todo o Estado. Quero dar os parabéns pela iniciativa e rogo as bênçãos de Deus para todos os pais de família e seus familiares”


     Da Paróquia/Santuário Nossa Senhora do Pilar, de Antonina, vieram três pessoas. Nilton Lopes Medeiros contou que o grupo faz suas reuniões na igreja São Benedito. “Houve um encontro em Curitiba, no dia 23 de outubro, e lá eu fiquei sabendo desse encontro aqui em Ponta Grossa. Fomos convidados e viemos. É sempre um aprendizado. Onde vou procuro levar algo de novo para o grupo. Foi um sábado abençoado. Louvar a Deus é sempre gratificante”, afirmou. 


Nacional


     O coordenador Juares Machado Sobrinho participa na Paróquia Nossa Senhora do Pilar e está na coordenação diocesana do movimento desde setembro de 2019. Esse foi o segundo encontro diocesano. “Contávamos com mais gente. Eu estive em quase 80 comunidades, rezando, divulgando o Terço dos Homens. Mas tenho participado (de encontros) em outros lugares e sei que estamos voltando de uma pandemia e muitos movimentos, pastorais, também estão organizando encontros e muitos integrantes do Terço são os mesmos que servem em outros movimentos. É preciso caminhar passo a passo. Logo vamos estar com mais pessoas participando ativamente”, garantiu. 


     A coordenação está organizando a participação da Diocese na XIV Romaria Nacional do Terço dos Homens, marcada para de 10 a 12 de fevereiro, em Aparecida (SP).  O grupo vai viajar em ônibus semi-leito, saindo de Ponta Grossa na sexta feira à noite, rezando junto com os romeiros no sábado e retornando no sábado à noite. Quem quiser saber mais sobre a romaria e sobre o movimento pode acessar no Facebook a página Terço dos Homens Diocese de Ponta Grossa, ou, mandar mensagens pelo 42 99943-7669. “Nossa página tem quase mil inscritos. Transmitimos o terço quase todas as noites. O encontro de hoje foi transmitido pela página. Lá, tem os nossos contatos e também podem deixar mensagem”, acrescentou. Ano passado, a romaria reuniu perto de dez mil pessoas. Mas a peregrinação já chegou a atrair aproximadamente cem mil homens, enfatizou. 


 


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| aa   |   Núncios apostólicos na Diocese   |   Encaminhadas principais ações para 2023   |   Abade completa 25 anos à frente de mosteiro   |  





Publicado em: 14/11/2022

Terço dos Homens é referência nacional

Em plena pandemia, movimento cresceu na Diocese

 

O Terço dos Homens da Diocese de Ponta Grossa foi citado como referência pelo assessor nacional do movimento, Padre Vandemir José Meister. O assessor elogiou a coordenação diocesana, comentando que, ao lado dos integrantes da Diocese de São José dos Pinhais, os organizadores foram os únicos do Brasil a conseguir ‘implantar’ um Santo Terço durante a pandemia. A deferência foi feita em Prudentópolis, há duas semanas, durante um encontro de participantes da Diocese de Guarapuava, O coordenador diocesano do Terços dos Homens, Juares Machado Sobrinho, foi, inclusive, chamado ao palco para contar um pouco da experiência vivenciada na região de Ponta Grossa. 


     “Mesmo com a pandemia, nunca paramos de rezar. Nas comunidades se dava sempre um jeito. Os integrantes estavam sempre na ativa”, comentou o coordenador, citando que padre Vandemir o convidou para falar sobre os elementos do Terço e os tantos manuais que conhece. “Desde muito criança venho rezando e colecionei muitos manuais. Quando assumi a coordenação, usei o Manual Mãe Rainha para embasar a minha formação e as orientações que repasso. Eu falei sobre isso em uma pregação na Paróquia Nossa Senhora dos Remédios, em Tibagi, e alguém gravou o áudio e soltou nas redes sociais. Dom Vandemir começou a divulgar pelo país inteiro (o áudio) para servir como estímulo. Por isso me chamou no palco para falar pessoalmente”, argumentou Juares Machado Sobrinho.


     E foi nesse clima que cerca de 130 integrantes do Terço dos Homens, de diversas comunidades, participaram, na tarde de sábado (12), do encontro diocesano realizado na matriz da Paróquia São Pedro Apóstolo, no Sabará, em Ponta Grossa. Na programação, a palestra ‘Títulos de Nossa Senhora’, com o diácono Giovane Ostachevski, Santo Terço e Santa Missa celebrada pelo bispo Dom Sergio Arthur Braschi. Vieram representantes das Comunidades Senhor Bom Jesus, de Bela Vista, em Reserva, e Menino Jesus de Praga, da Vila Tânia Mara, em Ponta Grossa; Paróquia Nossa Senhora dos Remédios, em Tibagi; Paróquia Santo Antônio, de Imbituva; Imaculada Conceição, de Carambeí; São Pedro, Santa Teresinha, São Cristóvão, Nossa Senhora do Pilar, Nossa Senhora do Rosário, de Ponta Grossa, e Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, de Castro. 


     Dom Sergio lembrou que o Terço dos Homens surgiu como uma iniciativa missionária para atrair os homens. “O pai de família, que se sente não tão bem acolhido nas comunidades, já que muitas ações na Igreja, nas pastorais, nos movimentos, são formadas por mulheres. Surgiu, então, essa bela iniciativa do Terço dos Homens, que começou a reunir de norte a sul do Brasil os homens. Aqui na Diocese, em algumas paróquias há mais participação, outras, ainda estão no começo, mas é preciso destacar essas lideranças, o Juarez e outras lideranças, que procuram levar cada vez mais à frente o movimento. Tivemos (há algumas semanas) uma celebração no Santuário de Nossa Senhora do Rocio, em Paranaguá, reunindo integrantes de todo o Estado. Quero dar os parabéns pela iniciativa e rogo as bênçãos de Deus para todos os pais de família e seus familiares”


     Da Paróquia/Santuário Nossa Senhora do Pilar, de Antonina, vieram três pessoas. Nilton Lopes Medeiros contou que o grupo faz suas reuniões na igreja São Benedito. “Houve um encontro em Curitiba, no dia 23 de outubro, e lá eu fiquei sabendo desse encontro aqui em Ponta Grossa. Fomos convidados e viemos. É sempre um aprendizado. Onde vou procuro levar algo de novo para o grupo. Foi um sábado abençoado. Louvar a Deus é sempre gratificante”, afirmou. 


Nacional


     O coordenador Juares Machado Sobrinho participa na Paróquia Nossa Senhora do Pilar e está na coordenação diocesana do movimento desde setembro de 2019. Esse foi o segundo encontro diocesano. “Contávamos com mais gente. Eu estive em quase 80 comunidades, rezando, divulgando o Terço dos Homens. Mas tenho participado (de encontros) em outros lugares e sei que estamos voltando de uma pandemia e muitos movimentos, pastorais, também estão organizando encontros e muitos integrantes do Terço são os mesmos que servem em outros movimentos. É preciso caminhar passo a passo. Logo vamos estar com mais pessoas participando ativamente”, garantiu. 


     A coordenação está organizando a participação da Diocese na XIV Romaria Nacional do Terço dos Homens, marcada para de 10 a 12 de fevereiro, em Aparecida (SP).  O grupo vai viajar em ônibus semi-leito, saindo de Ponta Grossa na sexta feira à noite, rezando junto com os romeiros no sábado e retornando no sábado à noite. Quem quiser saber mais sobre a romaria e sobre o movimento pode acessar no Facebook a página Terço dos Homens Diocese de Ponta Grossa, ou, mandar mensagens pelo 42 99943-7669. “Nossa página tem quase mil inscritos. Transmitimos o terço quase todas as noites. O encontro de hoje foi transmitido pela página. Lá, tem os nossos contatos e também podem deixar mensagem”, acrescentou. Ano passado, a romaria reuniu perto de dez mil pessoas. Mas a peregrinação já chegou a atrair aproximadamente cem mil homens, enfatizou. 


 


Diocede Ponta Grossa
Encontro contou com cerca de 130 participantes   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
Juares está na coordenação desde 2019   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
O momento teve a participação de familiares   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
Equipe litúrgica e integrantes do movimento   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
Dom Sergio com o diácono Giovane e frei Roberto Büher, o pároco   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa


Navegue até a sua Paróquia