DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA


SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 01/06/2021

Corpus Christi: celebração inicia às 14 horas

Bispo com o Santíssimo percorrerá a cidade de carro

 
| Crédito: Guilherme Queiroz

Um acordo firmado pelas paróquias de Ponta Grossa estabelece uma única celebração de Corpus Christi. Este ano, como em 2020, foi suspensa a procissão pelas ruas e a orientação é para que não aconteça nem mesmo carreata para acompanhar a passagem do Santíssimo pelas ruas da cidade. O pedido é para que os fieis acompanhem de casa, via rede social e pela Rádio Sant’Ana. O Santíssimo será levado pelo bispo Dom Sergio Arthur Braschi em um carro preparado, o ‘bispo móvel’, que sairá às 14 horas deste dia 3, da Paróquia São Sebastião/Santuário de Nossa Senhora Aparecida.

     O bispo-móvel passará pelas paróquias São José/Santuário de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Imaculada Conceição, em Uvaranas, e Nossa Senhora da Saúde, no Jardim América. A chegada será na Catedral Sant’Ana, onde estará a equipe que conduzirá as reflexões e fará os cantos, durante todo o trajeto. Haverá transmissão pelas páginas do Facebook da Diocese de Ponta Grossa e da Rádio Sant’Ana, que irradiará todo o percurso. “O veículo que conduzirá o bispo e o Santíssimo vai passar por quatro pontos da cidade, chamados quatro pilares da Ação Evangelizadora: pilares do Palavra, do Pão, da Caridade e da Missão”, explicou padre Joel Nalepa, coordenador diocesano da Ação Evangelizadora.

     Em cada paróquia, estarão representados os pilares. “Na São Sebastião, de onde sairá o Santíssimo, vai passar pela igreja São José, onde estará o cenário do segundo Pilar, o Pilar do Pão. O Pilar da Caridade será na Igrejinha de Uvaranas, na Paróquia Imaculada Conceição, onde o Pilar vai lembrar.os gestos de caridade e a Paróquia Nossa Senhora da Saúde, onde a referência será do Pilar da Missão, lembrando esses compromissos que a Igreja tem do anúncio da Palavra, da Eucaristia, as obras de caridade e também o serviço de missão. Depois, o Santíssimo será conduzido até a catedral, a igreja-mãe da Diocese, de onde o bispo fará a benção de todo o povo”, detalha padre Joel.

     Os fieis são convidados para que participem junto às famílias, pelas redes sociais e pela Rádio Sant’Ana. “Desta forma, não haverá aglomeração e nem carreata. Essa é a ideia. A reflexão partirá dos temas abordado em cada pilar, mas também rezaremos pelo fim da pandemia, pelos doentes...Por toda a Diocese, neste dia, em cada paróquia, haverá celebração da Santa Missa, com a participação dos fieis, de acordo com o decreto municipal e estadual, que limita a lotação das igrejas e prevê medidas de distanciamento social”, orienta o padre.

     Como em anos anteriores, a celebração de Corpus Christi terá um gesto concreto. As paróquias que representarão os pilares e que estão nos quatro setores pastorais serão pontos de coleta de alimentos não perecíveis para cesta básica, que serão encaminhados para a Cáritas Diocesana, para posterior distribuição às famílias pobres.

Organização

     Como forma de lembrar e valorizar as paróquias de cada setor, a organização da celebração pede que, junto do cenário do Pilar, coloque-se também a imagem do (a) padroeiro (a). O cenário Paróquia São Sebastião, Santuário Diocesano de Nossa Senhora Aparecida (Pilar da Palavra) será preparado pelas paróquias do Setor 4. Na Paróquia São José, Pilar do Pão e Ano de São José, o cenário será preparado pelas paróquias do Setor 1.

     Já a Paróquia Imaculada Conceição ornamentará o espaço tendo como tema o Pilar da Caridade, ao lado das paróquias do Setor 3. Na Paróquia Nossa Senhora da Saúde, Pilar da Dimensão Missionária, o cenário será preparado pelas paróquias do Setor 2. Na Paróquia Sant’Ana/Catedral, após a chegada do Santíssimo, haverá a fala do bispo Dom Sergio e será dada a bênção final.



  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Diocese adere à ação contra a violência a idosos   |   Monumento à Bíblia: marco de fé   |   ‘Mega Cartelão’ sorteará prêmios em dinheiro   |   Curso de líderes forma primeira turma   |  





Publicado em: 01/06/2021

Corpus Christi: celebração inicia às 14 horas

Bispo com o Santíssimo percorrerá a cidade de carro

 

Um acordo firmado pelas paróquias de Ponta Grossa estabelece uma única celebração de Corpus Christi. Este ano, como em 2020, foi suspensa a procissão pelas ruas e a orientação é para que não aconteça nem mesmo carreata para acompanhar a passagem do Santíssimo pelas ruas da cidade. O pedido é para que os fieis acompanhem de casa, via rede social e pela Rádio Sant’Ana. O Santíssimo será levado pelo bispo Dom Sergio Arthur Braschi em um carro preparado, o ‘bispo móvel’, que sairá às 14 horas deste dia 3, da Paróquia São Sebastião/Santuário de Nossa Senhora Aparecida.

     O bispo-móvel passará pelas paróquias São José/Santuário de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Imaculada Conceição, em Uvaranas, e Nossa Senhora da Saúde, no Jardim América. A chegada será na Catedral Sant’Ana, onde estará a equipe que conduzirá as reflexões e fará os cantos, durante todo o trajeto. Haverá transmissão pelas páginas do Facebook da Diocese de Ponta Grossa e da Rádio Sant’Ana, que irradiará todo o percurso. “O veículo que conduzirá o bispo e o Santíssimo vai passar por quatro pontos da cidade, chamados quatro pilares da Ação Evangelizadora: pilares do Palavra, do Pão, da Caridade e da Missão”, explicou padre Joel Nalepa, coordenador diocesano da Ação Evangelizadora.

     Em cada paróquia, estarão representados os pilares. “Na São Sebastião, de onde sairá o Santíssimo, vai passar pela igreja São José, onde estará o cenário do segundo Pilar, o Pilar do Pão. O Pilar da Caridade será na Igrejinha de Uvaranas, na Paróquia Imaculada Conceição, onde o Pilar vai lembrar.os gestos de caridade e a Paróquia Nossa Senhora da Saúde, onde a referência será do Pilar da Missão, lembrando esses compromissos que a Igreja tem do anúncio da Palavra, da Eucaristia, as obras de caridade e também o serviço de missão. Depois, o Santíssimo será conduzido até a catedral, a igreja-mãe da Diocese, de onde o bispo fará a benção de todo o povo”, detalha padre Joel.

     Os fieis são convidados para que participem junto às famílias, pelas redes sociais e pela Rádio Sant’Ana. “Desta forma, não haverá aglomeração e nem carreata. Essa é a ideia. A reflexão partirá dos temas abordado em cada pilar, mas também rezaremos pelo fim da pandemia, pelos doentes...Por toda a Diocese, neste dia, em cada paróquia, haverá celebração da Santa Missa, com a participação dos fieis, de acordo com o decreto municipal e estadual, que limita a lotação das igrejas e prevê medidas de distanciamento social”, orienta o padre.

     Como em anos anteriores, a celebração de Corpus Christi terá um gesto concreto. As paróquias que representarão os pilares e que estão nos quatro setores pastorais serão pontos de coleta de alimentos não perecíveis para cesta básica, que serão encaminhados para a Cáritas Diocesana, para posterior distribuição às famílias pobres.

Organização

     Como forma de lembrar e valorizar as paróquias de cada setor, a organização da celebração pede que, junto do cenário do Pilar, coloque-se também a imagem do (a) padroeiro (a). O cenário Paróquia São Sebastião, Santuário Diocesano de Nossa Senhora Aparecida (Pilar da Palavra) será preparado pelas paróquias do Setor 4. Na Paróquia São José, Pilar do Pão e Ano de São José, o cenário será preparado pelas paróquias do Setor 1.

     Já a Paróquia Imaculada Conceição ornamentará o espaço tendo como tema o Pilar da Caridade, ao lado das paróquias do Setor 3. Na Paróquia Nossa Senhora da Saúde, Pilar da Dimensão Missionária, o cenário será preparado pelas paróquias do Setor 2. Na Paróquia Sant’Ana/Catedral, após a chegada do Santíssimo, haverá a fala do bispo Dom Sergio e será dada a bênção final.



Diocede Ponta Grossa
  |   Guilherme Queiroz


Navegue até a sua Paróquia