DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA



SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 06/05/2022

Pastoral da Criança retoma os ‘encontrões’

Agentes voltaram a se reunir depois da pandemia

 
A coordenadora Maril pediu a ajuda de padre Joel na abordagem da mística da pastoral A coordenadora Maril pediu a ajuda de padre Joel na abordagem da mística da pastoral | Crédito: Abel Rosa

     Encontros setoriais querem fortalecer a espiritualidade e oferecer uma formação contínua aos agentes da Pastoral da Criança da Diocese de Ponta Grossa. O último aconteceu sábado (30), na Capela São José, em Piraí do Sul, reunindo os voluntários das paróquias de Castro, Ventania e Piraí. O assessor eclesiástico da Pastoral, padre Joel Nalepa, abordou a mística que envolve o ‘servir’ junto às crianças e suas famílias, falando sobre o Evangelho, a leitura orante, a Eucaristia e também sobre a personalidade humana. O padre celebrou a missa de encerramento, às 11 horas.


      À tarde, as coordenadoras foram separadas das líderes. Divididas em dois grupos, as coordenadoras ouviram da voluntária Dione Dirce Fontana, informações a respeito de prestação de contas, e, as líderes, acompanharam a fala da coordenadora diocesana Marli Szczepaniki sobre os primeiros 1000 dias da criança e a necessidade de cuidados especiais neste período. “Trabalhei com elas os primeiros mil dias e a nossa saúde”, comentou a coordenadora, afirmando que há uma agenda de encontros para todos os setores. O primeiro aconteceu com representantes do Setor 8, dia 19 de fevereiro, em Telêmaco Borba. “Estamos fazendo uma motivação das nossas lideres, pensando em fortalecer a espiritualidade e criar uma maneira de estamos mais perto delas. Fazemos brincadeiras, sorteio de brindes, mas o nosso foco é o lado espiritual. Para isso, pedimos a ajuda do padre Joel, que esteve conosco em Piraí”, acrescentou Marli.


     A coordenadora lembrou que esses chamados ‘encontrão de líderes’ aconteciam todos os anos, antes da pandemia. No primeiro deste ano, realizado em participaram 60 agentes. Em Piraí do Sul, foram 40. “Está sendo muito gratificante. Tivemos uma boa participação da parte das nossas voluntárias e um grande apoio da parte das coordenadoras e dos párocos. Tenho a certeza que todas as que participaram desses encontros gostaram de passar um dia de muita alegria, espiritualidade e formação”, resumiu Marli. O próximo encontro, em junho, reunirá as coordenadoras e líderes do Setor 6, em data e local ainda a ser definido.


 


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Festa das Nações: programação será completa este ano   |   Projeto troca recicláveis por cadeiras de rodas   |   Pastoral da Criança retoma os ‘encontrões’   |   Pastoral da Sobriedade: Catedral Sant’Ana cria grupo de autoajuda   |  





Publicado em: 06/05/2022

Pastoral da Criança retoma os ‘encontrões’

Agentes voltaram a se reunir depois da pandemia

 

     Encontros setoriais querem fortalecer a espiritualidade e oferecer uma formação contínua aos agentes da Pastoral da Criança da Diocese de Ponta Grossa. O último aconteceu sábado (30), na Capela São José, em Piraí do Sul, reunindo os voluntários das paróquias de Castro, Ventania e Piraí. O assessor eclesiástico da Pastoral, padre Joel Nalepa, abordou a mística que envolve o ‘servir’ junto às crianças e suas famílias, falando sobre o Evangelho, a leitura orante, a Eucaristia e também sobre a personalidade humana. O padre celebrou a missa de encerramento, às 11 horas.


      À tarde, as coordenadoras foram separadas das líderes. Divididas em dois grupos, as coordenadoras ouviram da voluntária Dione Dirce Fontana, informações a respeito de prestação de contas, e, as líderes, acompanharam a fala da coordenadora diocesana Marli Szczepaniki sobre os primeiros 1000 dias da criança e a necessidade de cuidados especiais neste período. “Trabalhei com elas os primeiros mil dias e a nossa saúde”, comentou a coordenadora, afirmando que há uma agenda de encontros para todos os setores. O primeiro aconteceu com representantes do Setor 8, dia 19 de fevereiro, em Telêmaco Borba. “Estamos fazendo uma motivação das nossas lideres, pensando em fortalecer a espiritualidade e criar uma maneira de estamos mais perto delas. Fazemos brincadeiras, sorteio de brindes, mas o nosso foco é o lado espiritual. Para isso, pedimos a ajuda do padre Joel, que esteve conosco em Piraí”, acrescentou Marli.


     A coordenadora lembrou que esses chamados ‘encontrão de líderes’ aconteciam todos os anos, antes da pandemia. No primeiro deste ano, realizado em participaram 60 agentes. Em Piraí do Sul, foram 40. “Está sendo muito gratificante. Tivemos uma boa participação da parte das nossas voluntárias e um grande apoio da parte das coordenadoras e dos párocos. Tenho a certeza que todas as que participaram desses encontros gostaram de passar um dia de muita alegria, espiritualidade e formação”, resumiu Marli. O próximo encontro, em junho, reunirá as coordenadoras e líderes do Setor 6, em data e local ainda a ser definido.


 


Diocede Ponta Grossa
A coordenadora Maril pediu a ajuda de padre Joel na abordagem da mística da pastoral   |   Abel Rosa

Diocede Ponta Grossa
As agentes participam atentamente da formação   |   Abel Rosa

Diocede Ponta Grossa
Padre Joel com as voluntárias de Piraí do Sul, Ana Lúcia Moreira de Lima e Marici Opalinski Kobner Lopes   |   Abel Rosa

Diocede Ponta Grossa
Coordenadoras e líderes vieram de três cidades da Diocese   |   Abel Rosa


Navegue até a sua Paróquia