DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA



SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 13/07/2022

Abençoada pedra fundamental de capela

Comunidade Santa Marcelina está em fase de formação

 
Depois da missa, houve bênção da pedra fundamental Depois da missa, houve bênção da pedra fundamental | Crédito: Paróquia Senhor Menino Deus/Piraí do Sul

A Paróquia Senhor Menino Deus, de Piraí do Sul, passará a ser composta por 31 comunidades. Ainda em fase de formação, a mais nova delas, a Comunidade Santa Marcelina, teve seu início formalizado com a Santa Missa realizada na manhã de domingo (10) e a benção do terreno e da pedra fundamental no local onde será construída a nova capela. Sem prazo definido para a obra, a comunidade que envolve os bairros Jardim América e Colina Santa Marcelina, passará a ter missas mensais nas casas e outros momentos de oração.


     De acordo com o vigário paroquial, padre Rodrigo Ribas, ainda não existe o projeto arquitetônico da igreja, nem detalhes de tamanho ou capacidade da capela, que fica na área urbana de Piraí. “A primeira ação foi para convidar as famílias para essa primeira missa. Agora, teremos missas mensais nas casas e outros momentos de oração, que estão sendo organizados pelas irmãs Carmelitas Servas da Misericórdia de Sião”, contou o vigário, citando que os trabalhos para a fundação da comunidade se estendem há alguns meses e teriam ganho força com a visita das famílias por 90 missionários, entre jovens, adolescentes e adultos, no último dia 2. 


Com a participação de muitos fieis, a Santa Missa foi presidida pelo pároco, padre Thiago Ingenchki, e concelebrada por padre Rodrigo. Em sua homilia, padre Thiago destacou a necessidade da construção de uma capela no local, mas disse que é preciso, primeiramente, formar comunidade e, por isso, as celebrações acontecerão nas casas das famílias. O pároco ainda detalhou um pouco da história da padroeira da nova comunidade, fazendo alusão ao nome do próprio bairro e também às Irmãs Marcelinas, congregação presente na cidade há mais de 80 anos e que tanto tem ajudado a paróquia ao longo do tempo. Ao final da missa, aconteceu a benção da pedra fundamental que foi colocada no local aproximado onde será o altar da nova igreja. 


Além das 31 comunidades, a paróquia conta ainda com o Santuário Diocesano de Nossa Senhora das Brotas.


 


 


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Enviado 1º conselho missionário da Diocese   |   Dia de São Francisco terá bênção de animais   |   Paróquias refletem sobre a Igreja em Missão   |   Assembleia fortalece a evangelização   |  





Publicado em: 13/07/2022

Abençoada pedra fundamental de capela

Comunidade Santa Marcelina está em fase de formação

 

A Paróquia Senhor Menino Deus, de Piraí do Sul, passará a ser composta por 31 comunidades. Ainda em fase de formação, a mais nova delas, a Comunidade Santa Marcelina, teve seu início formalizado com a Santa Missa realizada na manhã de domingo (10) e a benção do terreno e da pedra fundamental no local onde será construída a nova capela. Sem prazo definido para a obra, a comunidade que envolve os bairros Jardim América e Colina Santa Marcelina, passará a ter missas mensais nas casas e outros momentos de oração.


     De acordo com o vigário paroquial, padre Rodrigo Ribas, ainda não existe o projeto arquitetônico da igreja, nem detalhes de tamanho ou capacidade da capela, que fica na área urbana de Piraí. “A primeira ação foi para convidar as famílias para essa primeira missa. Agora, teremos missas mensais nas casas e outros momentos de oração, que estão sendo organizados pelas irmãs Carmelitas Servas da Misericórdia de Sião”, contou o vigário, citando que os trabalhos para a fundação da comunidade se estendem há alguns meses e teriam ganho força com a visita das famílias por 90 missionários, entre jovens, adolescentes e adultos, no último dia 2. 


Com a participação de muitos fieis, a Santa Missa foi presidida pelo pároco, padre Thiago Ingenchki, e concelebrada por padre Rodrigo. Em sua homilia, padre Thiago destacou a necessidade da construção de uma capela no local, mas disse que é preciso, primeiramente, formar comunidade e, por isso, as celebrações acontecerão nas casas das famílias. O pároco ainda detalhou um pouco da história da padroeira da nova comunidade, fazendo alusão ao nome do próprio bairro e também às Irmãs Marcelinas, congregação presente na cidade há mais de 80 anos e que tanto tem ajudado a paróquia ao longo do tempo. Ao final da missa, aconteceu a benção da pedra fundamental que foi colocada no local aproximado onde será o altar da nova igreja. 


Além das 31 comunidades, a paróquia conta ainda com o Santuário Diocesano de Nossa Senhora das Brotas.


 


 


Diocede Ponta Grossa
Depois da missa, houve bênção da pedra fundamental   |   Paróquia Senhor Menino Deus/Piraí do Sul

Diocede Ponta Grossa
Uma placa foi colocada junto a pedra onde será erguido o altar da nova igreja   |   Paróquia Senhor Menino Deus/Piraí do Sul

Diocede Ponta Grossa
As Carmelitas Servas da Misericórdia de Sião ficarão responsáveis pelos momentos de oração   |   Paróquia Senhor Menino Deus/Piraí do Sul

Diocede Ponta Grossa
Muitos moradores acompanharam a missa   |   Paróquia Senhor Menino Deus/Piraí do Sul

Diocede Ponta Grossa
A missa foi celebrada pelos padres Thiago e Rodrigo   |   Paróquia Senhor Menino Deus/Piraí do Sul

Diocede Ponta Grossa
A santa padroeira da comunidade, Santa Marcelina   |   Paróquia Senhor Menino Deus/Piraí do Sul


Navegue até a sua Paróquia