DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA



SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros

Paróquia
Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora

Dados Gerais
Fundação: 17/03/1972
Pároco:    Pe. José Sávio Mariano
Vigário:    
Pe. Jaime Kniess
Pe. Severino Piccinini
Pe. João Pedro da Silva Peres
Pe. Adriano Toillier

Contato
Secretária:Marisa | Carol
Telefone: (42) 3226-4231 | Whats (42) 991521525
e-mail:     auxiliadora.pg@dombosco.net
Site:         .
Facebook: facebook/matriznossasenhoraauxiliadora

Missas
Segunda:    Terço dos homens 19h30
Terça:         19h30
Quarta:       15h e às 19h30 | Novena
Quinta:       19h30
Sexta:         19h30 | 1° sex. do mês 8h30
Sábado:      19h00
Domingo:    08h30 e às 19h00

Confissões
Segunda:   Agendadas na Secretaria Paroquial
Terça:       Agendadas na Secretaria Paroquial
Quarta:     Agendadas na Secretaria Paroquial
Quinta:     Agendadas na Secretaria Paroquial
Sexta:       Agendadas na Secretaria Paroquial
Sábado:    Agendadas na Secretaria Paroquial
Domingo:  Agendadas na Secretaria Paroquial


HISTÓRICO



O primeiro salesiano que aqui chegou foi o Pe. Tobias Schmitz, em 13 de abril de 1966, sendo Reitor-Mor da Congregação Salesiana o Pe. Luigi Ricceri e Inspetor Salesiano o Pe. Mário Quilici. Veio especialmente para cuidar da construção do Seminário. Em 13 de fevereiro de 1968, chega o Pe. Dário Bertoldi, provindo de Bagé, RS, que em 25 de fevereiro assume a capelania do Núcleo 31 de Março.



A Origem da Paróquia de Nossa Senhora Auxiliadora, prende-se ao crescimento da comunidade que se criou ao redor do Antigo Colégio Josefino, em construção desde a década de 40 pelo senhor bispo aos cuidados dos Padres Salesianos em 1965. Outro ponto preponderante para a criação da Paróquia foi a fundação do núcleo habitacional “31 de Março”, que levou cerca de mil famílias àquele bairro, exigindo de imediato a fundação de uma paróquia. A primeira preocupação dos sacerdotes Salesianos, aos quais foi entregue a nova paróquia, foi a divisão da mesma em quatro comunidades de base. Em seguida foram organizadas as associações religiosas e iniciada a construção de uma nova Matriz. Em sua história destacam-se inauguração do Seminário Salesiano, anexo ao Instituto Assistencial São José, e a inauguração do “Centro Juvenil Domingos Sávio”.



Em 25 de agosto de 1968, Dom Geraldo Micheletto Pellanda, CP, cria a Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, desmembrando-a das Paróquias da Imaculada Conceição e do Senhor Bom Jesus, dando como limites: ¨Parte do ponto de encontro do Arroio do Pilão de Pedra com a Rua Pandiá Calógeras, sobe por esta até encontrar a linha da Estrada de Ferro, Rede de Viação Paraná Santa Catarina; entra na Travessa São Paulo, atravessando a Rua Pereira Passos, até o Jóquei Clube, contornando-o pela direita até a Rua Tobias Barreto, vai por esta até encontrar a Rua Marquês de Abranches (= Abrantes), nos fundos do Quartel do 13º Regimento de Infantaria, seguindo por ela até a Rua Ferreira de Araújo, prosseguindo pela mesma e pela Rua Adolfo Franze, até encontrar o leito da Estrada de Ferro Central do Paraná, seguindo por ela até o Arroio do Pilão de Pedra, e finalmente subindo pelo mesmo até o ponto inicial.¨



A Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora limita-se geograficamente com as Paróquias Imaculada Conceição, Senhor Bom Jesus e Santo Antônio.





Em 02 de fevereiro de 1975, Dom Geraldo Micheletto Pellanda procede à bênção da pedra fundamental da matriz de Nossa Senhora Auxiliadora.





Nos anos de 1975 a 1990 funcionou também um Seminário de Segundo Grau, para os aspirantes à vida salesiana da Inspetoria Salesiana São Pio X.



Atualmente, a Paróquia se compõe de oito comunidades: Nossa Senhora Auxiliadora (Vila Marina – matriz), São Pedro (Vila Santa Mariana), São João Bosco (Jardim Brasil), Nossa Senhora Aparecida (31 de Março), Nossa Senhora da Glória (Núcleo Rio Verde), São Domingos Sávio (Núcleo Pitangui), Nossa senhora do Rocio (no Jardim Residencial San Martim, em formação, fora dos limites originais da criação da Paróquia) e Santa Paulina (no residencial Lagoa Dourada, em formação, fora dos limites originais da criação da Paróquia).





A Paróquia está localizada na região nordeste da cidade de Ponta Grossa, com uma população estimada de 28.000 habitantes, sendo que aproximadamente 15.000 são católicos.




A responsabilidade pastoral pela Paróquia esta a cargo da Comuniade Salesiana.







REALIDADE LOCAL




A Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora apresenta as características próprias das demais regiões da cidade de Ponta Grossa.











Aspecto social




No aspecto social, esta Paróquia apresenta as seguintes características: A população é de classe média. Nem todos têm acesso à moradia. Há uma forte assistência às crianças, através da Pastoral da Criança. Há cinco focos de favelas.









Aspecto político





No aspecto político, podem ser notadas as seguintes características: falta de interesse dos responsáveis pela política. Descrédito e desconfiança. Falta de motivação. Nem a escola nem a Igreja formam consciência política.







Aspecto econômico




O aspecto econômico pode ser descrito como: Muito desemprego. Falta de oportunidade de trabalho. Nota-se interesse por cursos profissionalizantes, porém, faltam escolas técnicas. A renda é baixa. O poder aquisitivo também é baixo. Muitas pessoas têm o mínimo para sobreviver.









Aspecto cultural




Culturalmente, esta Paróquia pode ser descrita como: Há boas escolas. Há desistência e evasão escolar. Poucos chegam ao ensino superior e a cursos superiores técnicos. Há bastante procura para a computação. Nota-se muito empenho e dedicação dos professores e dos diretores das escolas. Os pais pouco participam da escola. Há em todas as escolas um bom número de alunos interessados no estudo. Pouco desenvolvida a arte.









Aspecto religioso




Do ponto de vista religioso, predominam os seguintes aspectos: a maioria é de religião católica. Há mais de vinte igrejas não católicas, sendo uma ortodoxa; as outras são evangélicas e algumas muito atuantes e proselitistas, colocando seus automóveis e até ônibus para levar católicos às igrejas deles. Não há nenhum interesse ecumênico. A catequese é bem organizada e há muita dedicação dos catequistas. Tanto a catequese como a liturgia pouco conseguem influenciar a vida das pessoas. A catequese consiste só em passar a doutrina. A perseverança após a crisma desaparece praticamente. O povo mantém tradições piedosas do passado: procissões, terços, devoções populares. Os que participam da comunidade têm bastante interesse. Pouco se tem feito pelos afastados. Muito elogiados os cursos de batismo, de noivos e de legitimação. Pouco interesse pelo estudo (Teologia) e liturgia. A maioria das pessoas não sabe o que é o Conselho; ainda pensa que é a antiga diretoria. Muito fortes os movimentos e associações.







Dados - 2007






Áreas de Ação Paroquial









1-Litúrgico Celebrativa




Equipe Litúrgica




Grupos de Canto




Corais




Grupo de dança









2-Sacramentos




Pastoral do Batismo




Batizados




Celebração Eucarística




Casamentos




1ª Comunhão




Crisma









3-Evangelização Catequética




Valentes de Davi




Crisma




Comunhão









4-Administrativa (angariar/aplicar)




Pastoral Econômica




Dizimo




Festas




Coletas




Formação de lideranças









5-Serviços Pastorais




Pastoral Familiar




Pastoral do dizimo




Ministros da Eucaristia




Equipes Vocacionais




Visita aos doentes









6-Movimentos Associações




Alcoólicos Anônimos




Clube de Mães




Voluntárias




Zeladoras de capelinha




Movimento do Terço




Movimento dos anjos




Legião de Maria




R.C.C.




Apostolado da Oração




COMUNIDADES | Horários de Missas



Comunidade Dom Bosco:




Quinta: 19h30




1ª Sexta: 9h




Domingo: 08h30





Comunidade Nossa Senhora Aparecida




1ª Sexta: 19h30




Domingo: 10h e 19h





Comunidade Nossa Senhora da Glória




Domingo: 8h30




Comunidade Nossa Senhora do Rocio




Domingo: 8h30






Comunidade São Domingos Sávio




Domingo: 10h




Comunidade São Pedro




Sábado: 19h





Comunidade Santa Paulina




Domingo: 10hs





Sinais de vida!
- Processo de elaboração do Plano paroquial em sintonia com a diocese e Inspetoria Salesiana;

-Participação nas celebrações da missa;
-Catequese;
-Grupos de liturgia e grupos de canto;


-Pastoral da Criança;




- Empenho para trabalhar em unidade: conselhos e comunidades.




- Assembleias.




- Vicentinos




- Grupo de Adolescentes, GAM, AJS, SAV

PRIORIDADES - 2021
- Plano de Atividades paroquial elaborado.
- Equipe de Pastoral Juvenil articulada, com um plano bem elaborado, envolvendo AJS, GAM, CATEQUESE, SAV, COROINHAS e Pastoral de Adolescentes.
- Coordenação paroquial da pastoral do dízimo animando os “missionários do dízimo” nas comunidades.
- Plano formativo para os variados grupos paroquiais incentivando à pertença eclesial e o amor ao carisma salesiano.

Oração A Nossa Senhora Auxiliadora

Ó Maria, Virgem poderosa,
Tu, grande e ilustre defensora da Igreja,
Tu, Auxílio maravilhoso dos cristãos,
Tu, terrível como exército ordenado em batalha,
Tu, que, só, destruíste toda heresia em todo o mundo: nas nossas angústias, nas nossas lutas, nas nossas aflições, defende-nos do inimigo; e na hora da morte, acolhe a nossa alma no paraíso.

Amém.


Navegue até a sua Paróquia



Cúria
Cúria
Imprensa
Clipping
Download