DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA



SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros




Na Trilha da Fé
Publicado em: 07/05/2021

A Cáritas em tempo de cuidar

O desafio de atender o outro na pandemia

 
| Crédito: Arquivo/AssCom Diocese de Ponta Grossa

         Caridade. A palavra ‘Cáritas’ tem sua origem no latim e se traduz na prática da solidariedade diante das situações onde a vida estiver ameaçada. A atuação da Cáritas é junto aos excluídos, em defesa da vida e na participação da construção solidária de uma sociedade justa, igualitária e plural. Existe a versão internacional e nacional da entidade. No Brasil, são 182 unidades, distribuídas em cinco inter-regionais. Sua missão é testemunhar e anunciar o evangelho de Jesus Cristo.

     Registrada no Conselho de Assistência Social, a Cáritas dá assessoramento, formação e tem parcerias para o trabalho com povos e populações tradicionais, como índios, quilombolas e imigrantes. Desenvolve projetos ligados a mudanças climáticas, meio ambiente e saneamento, gestão de risco e gestão de resíduos, com ênfase com trabalho com catadores, além de economia solidária, atuando para a geração de emprego e renda. Apoia ainda entidades que trabalham com infância, adolescência e juventude, e, mulheres.

     A atuação depende das prioridades estipuladas pelas dioceses. Na de Ponta Grossa, a Cáritas existe há 14 anos. São18pessoas, entre os integrantes da diretoria (que atuam sem remuneração), funcionárias e seis voluntários, envolvidos no atendimento de uma população de mais de 770 mil pessoas. É a Cáritas Diocesana que gerencia o Fundo Diocesano de Solidariedade, de onde saem os recursos para concretizar os objetivos das Campanhas da Fraternidade, ano a ano. Em 2019, a Cáritas apoiou 20 projetos sociais.

     Desde 2020 a Cáritas tem vivido imensos desafios. A pandemia do Coronavírus levou a Igreja a intensificar sua missão de cuidar e a promoção de diversas ações emergenciais vem tentando minimizar os efeitos sociais da doença. Campanhas como a ‘Quem tem Fome tem Pressa’ arrecadou recursos para a compra de cestas básicas. Foram 310 entregues até sábado, dia 8 de maio. A Cáritas é também um dos pontos de arrecadação de alimentos da Campanha Juntos contra a Fome, que recebe comida para ser distribuída a famílias em situação de vulnerabilidade. Uma corrente solidária. Uma síntese do que é a Cáritas Diocesana: acolher, respeitar e olhar os vulneráveis e suas necessidades.


FONTE:

- Cáritas Diocesana


  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Igreja prepara o Natal do amor   |   RCC elege coordenadores setoriais   |   Nota Oficial   |   Imagem de Cristo Rei de praça recebe bênção   |  





Publicado em: 07/05/2021

A Cáritas em tempo de cuidar

O desafio de atender o outro na pandemia

 

         Caridade. A palavra ‘Cáritas’ tem sua origem no latim e se traduz na prática da solidariedade diante das situações onde a vida estiver ameaçada. A atuação da Cáritas é junto aos excluídos, em defesa da vida e na participação da construção solidária de uma sociedade justa, igualitária e plural. Existe a versão internacional e nacional da entidade. No Brasil, são 182 unidades, distribuídas em cinco inter-regionais. Sua missão é testemunhar e anunciar o evangelho de Jesus Cristo.

     Registrada no Conselho de Assistência Social, a Cáritas dá assessoramento, formação e tem parcerias para o trabalho com povos e populações tradicionais, como índios, quilombolas e imigrantes. Desenvolve projetos ligados a mudanças climáticas, meio ambiente e saneamento, gestão de risco e gestão de resíduos, com ênfase com trabalho com catadores, além de economia solidária, atuando para a geração de emprego e renda. Apoia ainda entidades que trabalham com infância, adolescência e juventude, e, mulheres.

     A atuação depende das prioridades estipuladas pelas dioceses. Na de Ponta Grossa, a Cáritas existe há 14 anos. São18pessoas, entre os integrantes da diretoria (que atuam sem remuneração), funcionárias e seis voluntários, envolvidos no atendimento de uma população de mais de 770 mil pessoas. É a Cáritas Diocesana que gerencia o Fundo Diocesano de Solidariedade, de onde saem os recursos para concretizar os objetivos das Campanhas da Fraternidade, ano a ano. Em 2019, a Cáritas apoiou 20 projetos sociais.

     Desde 2020 a Cáritas tem vivido imensos desafios. A pandemia do Coronavírus levou a Igreja a intensificar sua missão de cuidar e a promoção de diversas ações emergenciais vem tentando minimizar os efeitos sociais da doença. Campanhas como a ‘Quem tem Fome tem Pressa’ arrecadou recursos para a compra de cestas básicas. Foram 310 entregues até sábado, dia 8 de maio. A Cáritas é também um dos pontos de arrecadação de alimentos da Campanha Juntos contra a Fome, que recebe comida para ser distribuída a famílias em situação de vulnerabilidade. Uma corrente solidária. Uma síntese do que é a Cáritas Diocesana: acolher, respeitar e olhar os vulneráveis e suas necessidades.


FONTE:

- Cáritas Diocesana


Diocede Ponta Grossa
  |   Arquivo/AssCom Diocese de Ponta Grossa


Navegue até a sua Paróquia